Natal é festa de quem

Foto: S&B Vonlanthen via Unsplash.

Historicamente, o Natal é uma festa Cristã que comemora o nascimento de Jesus, o Cristo, que veio ao mundo para redimir os pecadores e apresentá-los ao Reino de Deus. Economicamente é o momento do gasto excessivo com presentes, decoração, vestimentas e comidas, o que gera uma circulação imensa de pessoas, produtos e dinheiro. A globalização dos últimos dez anos proporcionou a popularização desta festa que passou a ser conhecida mundialmente e muitas vezes até mesmo festejada por quem nem cristão é.

Na verdade, se quem a comemora é cristão ou não, isso já não tem mais tanta importância. Os eventos de 25 de dezembro tornaram-se mundialmente o festejar de encerramento de ciclo, de término de ano e de reflexões a cerca do que se fez durante os últimos 12 meses.

Somado a estas reflexões, povos de várias partes diferentes do mundo tem entendido as comemorações do dia 25 de dezembro como um momento de festejar a Paz entre os povos e suas diferentes culturas, o que é perfeitamente aceitável e até mesmo desejado por muitos cristãos, que entendem a mensagem do Cristo como um convite ao Amor e a Paz.

Indiferente qual a sua percepção individual destes festejos, sejam eles de caráter religioso, espiritual ou simplesmente a passagem sucessiva dos dias, sempre é interessante realizarmos ao final de alguns períodos de tempo uma auto análise de como viemos conduzindo as nossas vidas.

Refletir se as ações tomadas por nós foram suficientes para a concretização de nossos objetivos, se estes mesmos objetivos me aproximaram da felicidade que procuramos para a nossa vida e ainda se está valendo a pena todo o esforço empenhado para este fim.

A vida e a felicidade são movimentos cíclicos de idas e vindas, e esse movimento é determinado pela forma como me posiciono frente a esta dança incessante.

Que tal aproveitarmos a alegria e a beleza das luzes de Natal e trazermos mais vida e felicidade para dentro de nossas histórias? E como belamente afirmou Oswaldo Montenegro: “E se a felicidade é uma invenção, inventa então que é Feliz!” Quem sabe assim, a vida fica mais leve e seremos então felizes de verdade, afinal.

Que as festas de dezembro possam te trazer a paz e o amor tão desejados por todos nos, e animados pelo inicio de um novo ciclo, reiniciemos as nossas buscas renovados. Que a Felicidade e o Amor abençoe a [email protected] nós!

Por Kelly Von Knoblauch
26/12/2021 16h51

Artigos Relacionados

Meu filho: Eu vejo você

O Fluxo da Vida