O quadrinista curitibano José Aguiar, um dos idealizadores da empresa Quadrinhofilia, vai falar com o público sobre a sua nova graphic novel “Coisas de Adornar Paredes” no dia 25 de junho (sábado), das 14h às 17h no Sesc Paço da Liberdade. Além disso, ele também vai realizar uma sessão de autógrafos da HQ e de outros trabalhos que estarão à venda no local. Como o lançamento e palestras sobre a obra já aconteceram este ano, essa é uma oportunidade para as pessoas que ainda não tiveram a chance de conferir o mais recente trabalho do desenhista com a presença dele.

“Coisas de Adornar Paredes” é, na verdade, uma ideia antiga de Aguiar. Ele já tinha usado o título da obra para duas histórias em quadrinhos curtas em 1999. É um projeto no qual o quadrinista pode usar a criatividade e elementos experimentais livremente. A obra consiste em uma narrativa formada pelos pequenos detalhes que o autor percebe no dia-a-dia sob um olhar inusitado. As paredes guardam mais histórias do que realmente aparentam. Para mais informações e novidades, acesse o site da obra.

coisas de adornar paredes 1999

A primeira história em quadrinho de Coisas de Adornar Paredes foi publicada na antologia independente de artistas curitibanos “Almanaque Entropya – Volume 3”, em 1999.

SOBRE O AUTOR

O premiado quadrinista José Aguiar é também roteirista e editor na editora independente Quadrinhofilia. Alguns de seus trabalhos são a série Folheteen, Vigor Mortis Comics, Reisetagebuch – Uma Viagem Ilustrada pela Alemanha (indicado ao prêmio Jabuti) e a webcomic Infância do Brasil. Além disso, ele é cocriador de eventos culturais em Curitiba como a Cena HQ, um projeto que mistura quadrinhos com teatro, e a Gibicon (que agora se chama Bienal de Quadrinhos de Curitiba). José Aguiar também é autor de uma das obras na nossa lista de cinco HQs curitibanas para ler.

SERVIÇO – BATE-PAPO E AUTÓGRAFOS DA HQ COISAS DE ADORNAR PAREDES, DE JOSÉ AGUIAR

Onde: Sesc Paço da Liberdade – Praça Generoso Marques, 189 – Centro

Quando: 25 de junho (sábado), das 14h às 17h

Quanto: Entrada franca