O coronavírus bloqueando mais uma produção de TV. A plataforma de streaming Netflix autorizou a produção de uma versão brasileira de “Queer Eye”, reality show onde cinco LGBTs mudam a vida de um participante com dicas de cultura, estética, economia, decoração e moda.

O projeto começaria a ser gravado neste mês de junho e passariam por várias capitais, porém agora os planos é que seja retomado após a pandemia para estrear apenas no ano que vem.

Todos os nomes dos participantes estão em segredo, e assim devem permanecer até seu lançamento. O contrato assinado com a produtora Floresta prevê uma multa de R$ 500 mil no caso de vazamento de seus nomes ou informações sobre o projeto.

Para os fãs do reality vem a seguinte questão: será que a produção brasileira será tão boa quanto a versão original?