E finalmente ela veio aí: a vacina! Desde o inicio da pandemia do coronavírus, todos estavam ansiosos esperando por esse momento e o assunto principal em todos os canais de notícias, redes sociais e rodas de conversas (on-lines) era ela: a vacinação! E é por isso que o Curitiba Cult reuniu aqui em uma lista, algumas perguntas e respostas para as principais perguntas que todos estão se fazendo!

Posso me vacinar?

Deve e a vacina é para todos! Porém, como a demanda é muito alta, a vacinação será dividida em fases. Por enquanto, tirando as pessoas que terão prioridade na primeira fase, ainda não há prazo para a vacinação dos demais grupos.

Como estão definidas as fases?

Na primeira fase, que começa nesta quarta-feira (20), serão vacinados: os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento ao COVID-19, funcionários de asilos e outras instituições de abrigamento, população indígena e em seguida os idosos.

Já a segunda fase vai incluir idosos acamados, pessoas a partir dos 80 anos. Logo em seguida, idosos entre 75 e 79 anos. Em seguida, moradores entre 70 e 74 anos, de 65 a 69, de 60 a 64 anos e, por fim, funcionários e população que estão em presídios.

A terceira fase inclui pessoas com doenças graves do coração, diabéticos, hipertensos, obesos, portadores de doenças neurológicas, doentes graves do pulmão, pessoas com deficiências permanentes e severas, pessoas com câncer, pessoas com deficiências nas defesas do organismo, transplantados e a população em situação de rua.

A quarta fase está destinada a profissionais da limpeza pública, da segurança pública, motoristas e cobradores de ônibus, professores, taxistas e motoristas de aplicativos.

A quinta e última fase, será para a população abaixo dos 60 anos.

Onde acontecerá a vacinação?

A vacinação acontecerá no espaço do pavilhão de exposições, no Parque Barigui. O local tem 7.500 m² e contará com uma estrutura para imunizar até 450 pessoas por hora. Ao todo serão 52 boxes para vacinação, além de áreas de espera no pré-vacina e de estabilização no pós-vacina.

Endereço Pavilhão: Av. Cândido Hartmann, S/N – Bigorrilho

Foto: Daniel Castellano/SMCS

A vacina precisa ser agendada?

Não! O agendamento será feito pela Secretaria Municipal da Saúde e a informação do dia e horário para que o público compareça ao Centro de Imunização, no Barigui, será enviada pelo aplicativo Saúde Já, da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba. Acesse aqui o Aplicativo Saúde Já.

Quais são os horários para vacinação?

A vacinação para os inclusos na primeira fase, acontecerá no período das 8h às 20h, de segunda-feira a sábado. Lembrando que se você não faz parte do grupo incluso, não vá até o local. O distanciamento social continua até toda a população estar vacinada.

O que preciso levar para me vacinar?

Para agilizar o atendimento, que promete ser rápido, é essencial que o indivíduo apresente o Cartão Nacional de Saúde (CNC), o cartão do SUS, ou o número do CPF para que haja o controle de aplicações.

Não tenho cadastro no SUS (ou perdi). E agora?

Se você não tem um cartão do SUS ou perdeu ele, é bem fácil! Para fazer um cadastro é preciso buscar uma unidade do serviço ou uma Secretaria de Saúde Municipal, tendo em mãos o RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, o número do PIS/PASEP caso a pessoa o tenha, e, também em alguns casos, um comprovante de residência. Aí você faz o seu cadastro rápido e fácil!

Caso você tenha perdido seu cartão do SUS, pode recuperar emitir uma segunda via em qualquer unidade de saúde ou através da internet. Para fazer o pedido online, basta acessar o portal do SUS ou o aplicativo Conecte SUS, criar uma conta ou fazer o login e conferir o seu número do cartão.

Já fui vacinado e agora?

Mesmo vacinado, enquanto todos ainda não estiverem imunes, o cuidado com o coronavírus se mantém! Por isso, é muito importante que o uso de máscaras, a higienização das mãos e o distanciamento social, entre outros cuidados, se mantenha! Logo, quando toda a população estiver vacinado, aí só resta você ser feliz!