Composto por quase 200 pequenos empresários do comércio curitibano, o “Movimento Fechados pela Vida”, iniciou nesta semana um abaixo-assinado para angariar assinaturas e pressionar as autoridade a decretarem lockdown em Curitiba. Comerciantes dos setores de gastronomia, entretenimento, bares, lojas e salões estão envolvidos.

O grande objetivo do pedido é fazer com que mais pessoas assinem para que a Prefeitura de Curitiba tome medidas e decrete lockdown antes do sistema de saúde entrar em colapso e piorar. 

O movimento está disponível na plataforma “Change.org”. O objetivo é fazer com que 5000 pessoas assinem para chamarem a atenção. Até o fechamentos desta matéria, em torno de 3700 pessoas já tinham assinado a petição.

Entre alguns pedidos, além do lockdown, é também o controle do transporte público, um plano de ação de combate à pandemia, plano econômico para sobrevivência de empresas e campanhas educativas para conscientização e educação da população conforme o vírus for se espalhando.