Desde ontem (18), entrou em vigor na capital paranaense a mudança de bandeira sanitária, de laranja (nível moderado de risco) para amarela (nível de alerta). Com esta mudança em Curitiba, algumas atividades (seguindo as normas) voltam a funcionar. Com isso, alguns parques terão uma menor restrição de uso e assim poderão voltar a receber o público normalmente, de forma gradual. 

Seguindo os protocolos de uso definidos em conjunto pelas secretarias do Meio Ambiente e da Saúde, dezesseis parques da cidade e região metropolitana voltarão a abrir seus portões. 

Aqueles que voltarem a usar os parque devem seguir as recomendações básicas, como fazer atividades físicas individuais, manter o distanciamento e hábitos de higienização das mãos, uso de máscaras e a permanência o menor tempo possível para possibilitar, apenas o necessário.

Confira os parques de Curitiba que reabrem:

  • Tingui;
  • Barigui;
  • Barreirinha;
  • Tropeiros, 
  • Guairacá;
  • Mairi;
  • Cambuí;
  • Mané Guarrincha;
  • Yberê;
  • Lago Azul;
  • Atuba;
  • Passaúna;
  • Tanguá;
  • Bacacheri;
  • São Lourenço;
  • Náutico.

Veja o que reabre em Curitiba com a bandeira amarela: 

Abertos seguindo protocolo sanitário e social

Atividades essenciais;
Cabeleireiros, manicure, pedicure e outros serviços de cuidados e beleza: abertos seguindo protocolo; sanitário e social;
Comércio varejista (lojas de rua);
Higiene de animais domésticos;
Serviços de ambulantes e alimentação;
Hotéis;
Escritórios em Geral, empresas de tecnologia e coworking;
Serviços imobiliários;
Academias e práticas esportivas;
Feiras de artesanato;
Igrejas e templos religiosos e social;
Praças e parques públicos;
Atividades na modalidade drive-in;
Shopping Centers;

Fechados

Estabelecimentos de ensino;
Casas noturnas;
Cinemas e teatros (liberados apenas drive-in);
Eventos;
Shows.

Para mais informações dos estabelecimentos, você pode clicar aqui.