Você sabia que no dia 29 de janeiro é comemorado o Dia Nacional da Visibilidade Trans? Se a resposta for não, aqui vão ótimas oportunidades de você conhecer e aprender mais sobre o assunto! O Museu da Diversidade Sexual (MDS), localizado na cidade de São Paulo, montou uma programação on-line, com rodas de conversa, encontros e lives sobre a importância da visibilidade trans na sociedade. O evento é gratuito e qualquer um pode acessar!

Na próxima sexta-feira (15), às  17h30, uma live Live com a ativista Maria Belen sobre a criação e atuação do “Archivo de la memoria trans”um acervo situado na Argentina e fundado por Maria que cumpre o papel de proteção, construção e reivindicação da Memória Trans por meio de fotos, vídeos e recortes diários de pessoas que pertencem à comunidade.

Já no dia 29 de janeiro (sexta-feira), também às 17h30, uma live especial para o dia oficial da visibilidade trans, trará a participação de lideranças da Aliança Nacional LGBTI+, da ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) e também com artistas e figuras públicas, como Léo Moreira e Renata Perón, que abordaram a importância da representatividade trans nos espaços da sociedade.

A programação virtual do Museu da Diversidade Sexual será transmitido pelas suas redes sociais e também da plataforma Cultura em Casa, criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte.

Clique aqui e saiba mais sobre a programação do evento.