Com o início do isolamento social, o Google Meet liberou liberou todas as suas ferramentas gratuitamente para usuários de todo o mundo já com uma data para a revogação disso tudo. Por isso, a partir desta quinta-feira (1º), alguns serviços do Google serão cobrados.

Algumas funcionalidades ainda continuarão gratuitas, porém com restrições: a principal delas é o tempo de duração das chamadas, com limite de 1 hora. Além disso, outras funções que antes eram liberadas devem voltar a serem exclusivas da versão paga.

O Meet é um aplicativo de videoconferências com foco no segmento corporativo. Para os usuários que utilizam a plataforma, a mensalidade da versão paga do Meet começa a partir de R$ 24,30.