Por conta da crise do coronavírus, a Bienal de Quadrinhos de Curitiba esta ano será de forma virtual. A maneira foi encontrada com o intuito de não deixar o evento passar em branco e ainda assim levar algum entretenimento para aqueles que estão em casa. Com vários mostras dentro da Bienal, de vários lugares, duas exposições da Gibiteca da Fundação Cultural foram escolhidas para estarem entre as atrações desta 6ª edição da Bienal.

O melhor de tudo é que todos podem conferir as exposições, já que ficarão disponíveis de forma online, dos dias 20 a 23 de agosto, tudo acessado pelo site do evento. O tema da Bienal deste ano será Música e Quadrinhos, logo as exposições escolhidas estão vinculadas a este gênero.

Uma das mostras é de Punk Afonso e traz uma releitura feita por 21 artistas sobre o personagem publicado por Rodrigo Belato durante mais de três décadas e organizada pela Gibiteca. Segundo Fúlvio Pacheco, esta é uma homenagem a ele. A segunda mostra é “Underground Ilustrado 2: a arte visual da cena musical curitibana”, com curadoria de Christiano C. Neto e Daniel Gonçalves. O projeto tinha sido suspenso por conta das medidas de prevenção do coronavírus, mas foram escaneados para a versão digital.

A 6ª Bienal de Quadrinhos de Curitiba terá diversas atrações, como debates, palestras, oficinas e conversas. Toda a programação pode ser conferida no site do evento.