O palco das Ruínas de São Francisco volta a receber, aos domingos, uma programação artística variada, com música, dança, circo, stand up, teatro e atrações folclóricas. O projeto “Expressões Curitibanas” começou em março de 2015, para celebrar o aniversário da cidade de Curitiba e volta este ano, por 4 semanas consecutivas. Neste domingo (dia 20), as apresentações ficam por conta da cantora Iria Braga, às 10h30, e do grupo Molungo, às 11h30.

A proposta é valorizar as manifestações artísticas da cidade, ocupando um dos seus espaços históricos e animando uma das suas atividades mais tradicionais – a Feira de Artesanato. O projeto é uma realização da Mind Estratégias, com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da lei federal de incentivo à cultura. Conta também com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura de Curitiba  e do grupo Solvay do Brasil.

Iria Braga

Cantora e atriz natural de Curitiba, Iria Braga é reconhecida por seu timbre e expressividade vocal e cênica. Ao longo de quinze anos de carreira sua trajetória é caracterizada pelo trânsito na música e no teatro, mesclando essas artes em suas produções. A ânsia de criar os próprios projetos direcionou sua vida em busca de uma linguagem particular como intérprete. Assim, a realização de shows solos com diferentes temáticas, a integração em diversos grupos musicais e a carreira de atriz delinearam o perfil da artista que é atualmente.

Iria tem licenciatura em música pela EMBAP (Escola de Música e Belas Artes do Paraná) e seu primeiro disco solo traz composições de artistas como Cartola, Arrigo Barnabé e Paulinho da Viola, entre outros. Como atriz trabalhou em diversas companhias de teatro e fez participações no cinema. Atualmente, além de ser apresentadora do programa diário É-Cultura da TV É-Paraná, filial da TV Cultura no estado do Paraná, Iria segue colaborando com diversos artistas e dá continuidade a turnê iniciada no ano passado.

Molungo

Atualmente formado por Caio Guimarães, Cauê Menandro, Carlito Birolli, Gui Handa, Luís Piazzetta e Fernando Lobo, o grupo constituiu-se a partir do interesse comum dos músicos pela cultura popular brasileira.  A banda tem o intuito de pesquisar os ritmos afro-brasileiros e trazer para as composições autorais do grupo essa mistura essencialmente brasileira. A pesquisa rítmica atrelada às vivências individuais de cada integrante deu origem à sonoridade que compõe as músicas da banda.

Em 2014, lançaram o seu segundo álbum chamado “Mais Agreste”. Esse novo disco traz a essência da cultura popular afro-brasileira que permeia a vida dos seis compositores e batuqueiros. Hoje o grupo tem seu trabalho lançado em mais de 28 países.

SERVIÇO – “EXPRESSÕES CURITIBANAS” – SHOW COM IRIA BRAGA E MOLUNGO

Quando: 20 de março de 2016 (domingo), às 10h30

Onde: Ruínas de São Francisco – Setor Histórico

Quanto: Entrada Franca