O prefeito Gustavo Fruet determinou a manutenção das providências para a realização da 35ª edição da Oficina de Música de Curitiba, marcada para o período de 7 a 29 de janeiro de 2017. O prefeito eleito, Rafael Greca, pediu a suspensão da Oficina, mas a atual gestão entende que o evento é importante para a cidade e lembra que nunca deixou de ser realizado, mesmo em momentos de dificuldades financeiras.

“Em 2013, quando assumimos, não havia recursos para a realização da Oficina. Mas fizemos um grande esforço e mantivemos o evento, que atrai pessoas de todo o Brasil e de vários outros países”, afirma o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli.

A Fundação foi orientada pelo prefeito a manter a programação. De acordo com Fruet, ao assumir o novo prefeito poderá tomar decisão contrária, se assim desejar.

Foto: Cido Marques