Nesta quarta-feira, dia 9 às 20h acontece a primeira edição em 2015 da Linguada – Mostra de Artes da Casa Selvática. A mostra é realizada com o intuito de promover o intercâmbio entre artistas de diversas áreas e linguagens. De forma independente, a cada mês, dois artistas são convidados para expor seus trabalhos.

A curadoria realizada  nesta edição pelos artistas Manolo Kottwitz e Akio Garmatter optou pelo recorte da Noise Music em fronteiras com a arte da Performance. Convidamos para a presente edição os artistas Angelo Luz, Tiago Rubini, Gustavo Paim e Aline Vieira, quatro personalidades com emergente potencial na cena underground curitibana.

Criada em 2012, a Casa Selvática é um espaço para artistas independentes desenvolverem pesquisas e experimentos. O espaço funciona nos moldes de uma constante e ininterrupta residência artística, que aposta na grandiosa potência dos encontros. Trata-se de um lugar de contaminação, apropriação, criação, troca e movimento, um processo híbrido e poroso. A casa: um interstício, uma fresta, uma selva de artistas pesquisadores em meio à urbe que canta o progresso e utilitarismo. Principalmente, trata-se de um reduto para alimentar nossas utopias, expandir os rizomas e fundir arte e vida alquimicamente.

Serviço – Linguada

Quando: 9 de julho

Onde: Casa Selvática (Rua Nunes Machado, 950, Rebouças)

Horário: 20h

Quanto: R$10

Foto: Alexandre Spiacci