As obras do artista plástico piauiense Demetrio Albuquerque serão expostas a partir desta quinta quinta-feira (5/4) no Museu Municipal de Arte (MuMA) com a mostra “Caminho da Pedra”. A exposição enfatiza a pedra como instrumento utilizado desde a origem da humanidade, passando por transformações contínuas tanto na natureza quanto culturalmente. Com entrada gratuita e audiodescrição, a mostra segue em cartaz até 3 de junho no MuMA, espaço que integra o Portão Cultural.

Na exposição, Demetrio evoca o pensamento do cientista escocês James Hutton (1726-1797). Considerado o pai da geologia, Hutton teorizou sobre o mundo mineral afirmando que não pode haver “vestígio do começo e perspectiva do fim”, pois na natureza tudo se transforma. “A intenção é narrar esse gesto artístico primordial sobre a pedra e suas transformações pela natureza. Surgiu a necessidade de fazer algo mais conceitual e, através de pesquisas, comecei a me interessar pela formação dos solos. A ideia foi voltar a algo primitivo, mas unindo a ciência ao mesmo tempo“, comenta o artista.

fotos: Thiago França

A mostra expressa essa dinâmica criando um percurso onde cada obra/personagem provoca a memória e a curiosidade, seja pelo aspecto artístico formal ou pela reflexão sobre sua confecção e representa um balanço da carreira de Demetrio enquanto escultor. As obras resultam do trabalho com técnicas da cerâmica pernambucana, pesquisa à qual o artista plástico se dedicou nos últimos anos.

Serviço – Exposição Caminho da Pedra no MuMA

Quando: 06 de abril a 03 de junho de 2018 (terça a domingo)

Onde: Museu Municipal de Arte (MuMA) – (Av. República Argentina, 3430)

Horários: 10h às 19h

Quanto: entrada gratuita

Agendamento de visitas: (41) 3321-3246