O Museu Oscar Niemeyer reabriu ao público no último sábado (09) e com ele trouxe a inauguração de duas exposições inéditas. Intituladas “Yutaka Toyota – O Ritmo do Espaço” e “Fernando Velloso por ele mesmo”, ambas trazem aos visitantes a oportunidade de de conhecer um pouco mais sobre a cultura das exposições.

A exposição “Fernando Velloso por ele mesmo” é uma homenagem do museu aos 90 anos de vida do artista curitibano, que segue na ativa. Já a exposição “Yutaka Toyota – O Ritmo do Espaço”, apresenta 86 obras, uma instalada na área externa do MON. A mostra contempla trabalhos produzidos a partir dos anos 1960 e não é estruturada de forma rigidamente cronológica.

Além dessas exposições, estão em cartaz também: “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “Tony Cragg – Espécies Raras”; “Gente no MON”, de Dico Kremer; “A Violência sob a Delicadeza”, de Vera Martins; “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz ≅ Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.

O MON está aberto seguindo orientações de segurança determinadas pela Secretaria de Estado da Saúde. Para conhecer um pouco mais, acesse o site oficial do Museu Oscar Niemeyer.