De acordo com a cantora, o novo álbum contará com 11 faixas, assinadas por nomes como Alice Coutinho e Tulipa Ruiz. “Deus é Mulher” é o sucessor do “A Mulher do Fim do Mundo”, lançado em outubro de 2015.

O disco abordou temas atuais e de relevância, como a violência doméstica. Além de ser bem aclamado, “A Mulher do Fim do Mundo” entrou na lista de melhores do ano do New York Times e ainda levou o prêmio de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira, no Grammy Latino.

Em entrevista para o jornal “O Estado de São Paulo”, Elza diz que a escolha do título para o novo projeto “…traz a ideia da continuidade de ‘A Mulher do Fim do Mundo’. O disco anterior denunciava as mazelas e o caos do mundo. O novo trabalho sugere o nascimento de uma nova era, conduzida pela energia feminina. ‘Deus É Mulher’ não tem exatamente a mesma estética, mas existe uma continuidade.”

Os fãs, no entanto, vão ter de lidar com a ansiedade. “Deus é Mulher” ainda não tem data de lançamento. Tudo o que se sabe, é que chegará para nós ainda este ano.