Nesta terça-feira (14), Katy Perry esteve em Porto Alegre, na Arena Grêmio, fazendo a primeira etapa brasileira da Witness: The Tour. Mesmo com menos atrações audiovisuais, em relação a outros países, a cantora não desapontou e mostrou que seu poder e sua influência no Brasil não são à toa. Estima-se que mais de 19 mil pessoas se reuniram para assistir o espetáculo.

Mas antes de tudo, é preciso lembrar e enaltecer a abertura de Bebe Rexha. A americana fez uma apresentação com 9 sucessos de sua carreira, entre eles o hit “I Got You“, onde, para a alegria dos brasileiros, cantou o refrão aportuguesado: “Só Da Tu“.

Além de “I Got You”, Bebe também aqueceu o público com “Me, Myself & I“, “Bad Bitch“, “No Broken Hearts“, “Hey Mama“, “In the Name of Love” “Back to You“. “Take Me Home“, e o mais recente sucesso “Meant To Be“.

Logo em seguida, subindo ao palco por volta das 21h53, com 23 minutos de atraso para o previsto, foi a vez de Katy Perry. Com seu traje vermelho, marca da era “Witness“, o show teve início com trechos de “Witness“, “Roulette“, “Dark Horse” e “Chained to the Rhythm“. Em diversos momentos foi possível perceber a emoção de Katy ao ver a Arena Grêmio com um público fiel.

A “Witness: The Tour” marca a quarta turnê mundial de Katy Perry, que demonstra confiança, carisma e presença de palco durante absolutamente todo o espetáculo. É impossível não ficar fascinado com a apresentação, digna de ser vista com bastante atenção, para que nem um detalhe passe em branco. Mesmo com menos efeitos visuais do que nos outros shows da tour, o “pouco” que se pode ver é de deixar o queixo caído. São projeções, show de luzes, coreografias, troca de figurinos e um cenário que juntos transformam o show em verdadeira surpresa visual.

Com “Teenage Dream“, “Hot N Cold“, “Last Friday Night (T.G.I.F)“, “California Gurls” e “I Kissed a Girl“, Katy conseguiu manter o mesmo nível da noite. O cenário, sempre acompanhando as músicas, conseguiu ser o principal destaque, mas sem nunca ofuscar a estrela da noite.

É difícil selecionar o auge da noite, mas – sem sombra de dúvidas – ao chamar uma fã piauiense ao palco, tentar falar em português e tirar uma foto com ela, Katy Perry deixou claro o porquê de seu poder em terras tupiniquim. Seu carisma é único e faz com que todos que a vejam consigam admirá-la.

Sabendo do amor dos brasileiros pela antiga “Thinking Of You“, de 2008, a cantora fez questão de colocá-la no repertório. Vale ressaltar que a música não entrou no setlist dos shows no Chile, onde se apresentou antes de vir para o Brasil.

Thinking of you – Katy Perry Witness World Tour 💕

A post shared by Ester Medeiros (@ester_medeiros_) on

Dando sequência e prestes a acabar o show, os sucessos “Part of Me“, “Swish Swish“, “Roar” animaram o público, presenteado com um bis de “Firework“.

Firework! ❤️ #mortaLinda #migasualoka #katyperry #katyperrybrasil @katyperry

A post shared by Luana Müller (@luana_muller_) on

Katy Perry é uma artista à frente do seu tempo, tendo os principais requisitos (e um pouco mais) para ser o que e quem é. O primeiro show da tour no Brasil, mesmo que com alguns poucos problemas, deixa extremamente claro que o futuro trará cada vez novas surpresas para a cantora.