No dia 27 de outubro estreia em Curitiba o espetáculo “Essencial“.  A montagem, que conta com fortes características performáticas, propõe uma transformação no modo de perceber a vida e o próprio teatro entrando em contato com as histórias e emergências individuais de pessoas da plateia para promover percepções surpreendentes sobre o ser humano.

A peça propõe o questionamento sobre o que é essencial para a manutenção da vida humana e para que o teatro, como fenômeno, aconteça.  O grupo enfatiza o trabalho do ator e a sua relação com a plateia. Artistas e público participam, juntos, de uma experiência que gera acontecimentos no espaço.

Conhecido por refletir a afetividade por meio da investigação da linguagem contemporânea, a Obragem aposta, nessa montagem, no trabalho do ator e a relação entre ator e plateia. Os acontecimentos criados por essa relação, no espaço teatral, permitem com que cada participante crie lógicas diferentes de realidade, de acordo com suas experiências e memórias. O processo criativo partiu de reflexões sobre o movimento e o contato, como linguagens, para propor ao público uma visão mais ampla sobre o tempo, as experiências de vida e a potência que a memória exerce sobre o presente.

Essencial” apresenta a possibilidade de discutir problemáticas como a experiência com a vida; com o luto; com a memória e com o Tempo. Falar sobre essas questões, em tempos em que não há tempo para vivenciarmos as experiências mais íntimas e reveladoras do ser humano são de extrema importância, para refletirmos sobre o nosso comportamento e sobre as nossas relações afetivas.

SERVIÇO – “Essencial”

Quando: de 27 de outubro a 06 de novembro – de 5ª a sábado/20h – domingos/19h

Onde: Alameda Júlia da Costa, 204 – São Francisco

Mais informações: Site