A 35ª Oficina de Música de Curitiba será aberta no próximo sábado (27), às 19h, no Teatro Guaíra, com um concerto que une a Camerata Antiqua de Curitiba, o Vocal Brasileirão, a pianista Cristina Ortiz e a cantora Jane Duboc numa homenagem ao compositor Tom Jobim. A fusão entre a música erudita e a música popular brasileira é a marca desta edição, que durante 13 dias oferecerá uma intensa programação musical por toda a cidade.

O concerto começa com a Camerata apresentando duas obras clássicas – Coronation Anthems, de Georg Friedrich Haendel, e o Concerto para Piano nº 4 em Sol Maior, de Ludwig van Beethoven – sob a regência do maestro Abel Rocha. A pianista Cristina Ortiz, brasileira de destaque no cenário internacional, será solista na apresentação da obra de Beethoven.

Na segunda parte, a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba (grupo de instrumentistas da Camerata) acompanha o Vocal Brasileirão e a cantora Jane Duboc no repertório de composições de Tom Jobim. Com direção artística de Vicente Ribeiro, esse programa encerra as comemorações dos 90 anos de nascimento do compositor (1927-1994).

O concerto de abertura dá uma demonstração do que será a 35ª edição da Oficina de Música. Pela primeira vez, os cursos e espetáculos dos núcleos de música erudita e popular serão realizados simultaneamente. O concerto reflete essa fusão entre as duas áreas.

A primeira parte da apresentação contará com o brilho da pianista Cristina Ortiz, que há anos saiu do Brasil para a Europa, onde desenvolveu uma carreira de sucesso. Solista com as mais famosas orquestras – Berlim, Chicago, Cleveland, New York, Praga, Viena, Londres – Cristina Ortiz já trabalhou sob a batuta de grandes maestros. Além da carreira solo, tem se apresentado ao lado de artistas como Antonio Meneses, Uto Ughi, Emanuel Pahud, Lynn Harrell e o Quinteto de Sopro de Praga.

Oficina 2018 – Durante 13 dias, a 35ª Oficina de Música de Curitiba oferecerá 96 cursos de música erudita e popular brasileira e aproximadamente 160 eventos, entre concertos em teatros e parques, palestras, worskhops, mostra especial de filmes, passeios ciclístico e motociclístico, feira gastronômica, oficina verde, além do “circuito off”, que acontece em 17 bares, com 50 atrações. O tema da atual edição é “Misture-se”, reforçando a novidade deste ano, que é a realização simultânea das áreas erudita e popular.

Outras grandes atrações marcam a 35ª Oficina, como o show de Toquinho, com a participação de crianças do projeto MusicaR das regionais de Curitiba, o concerto de Martinho da Vila com a Orquestra à Base de Corda e o concerto da Orquestra e Coro de alunos da Oficina no programa “Porgy and Bess”, de George Gershwin.

Serviço – Abertura 35ª Oficina de Música de Curitiba

Quando: 27 de janeiro de 2018 (sábado)

Onde: Teatro Guaíra (Rua XV de Novembro, 971)

Horário: às 19h

Quanto: R$ 30 e R$ 15

Vendas: Disk Ingressos