A força que carregamos dentro de nós, aquela que nos impulsiona para a Vida, é um presente que recebemos gratuitamente de nossos pais, e eles por sua vez, da mesma forma a receberam de seus pais, nossos avós. É a Força que nos faz respirar, caminhar, acordar todos os dias e ir em busca de nossa felicidade. É a força do “ir em frente”, do “não desistir nunca”. A força da continuidade, da ação, do movimento, que primeiro correu nas veias de nossos mais longínquos antepassados e através de muitas gerações,  após muitas lutas e conquistas, acabou chegando até nós.

Essa força tem o nome de nossos pais, e antes deles, teve o nome de nossos avós. Reflita então por um instante, e perceba que você é o portador genético desta força, e que no sangue que corre em tuas veias, navega também toda a memória transgeracional de tudo que aconteceu na vida daqueles que te antecederam.

Diante deste cenário, podemos nos entristecer ao lembrarmos de todo o sofrimento que tiveram nossos avós ou bisavós, que saíram da Europa e atravessaram o Grande Oceano com apenas uma mala de mão, e ao chegar aqui no Brasil sofreram com a adaptação, o calor, as doenças, a dificuldade de trabalhar nesta terra distante, a incompreensão da língua, a estranheza nos sabores, tudo tão distante de sua amada pátria que ficou para traz. E foi ainda pior com os africanos escravizados ou mesmo com os indígenas expropriados de suas terras. Quanta dor e sofrimento. Mas então, porque preciso olhar para esta História cheia de dor e lágrimas?

Primeiramente, porque esta é a Sua História! Você é o projeto de seus pais, e estes, são o projeto de seus avós. Todos em uma única história, onde eles estão em você e você, é eles! Se não tivesse sido exatamente assim como foi, nada hoje seria como é. Então, fecho meus olhos e num momento de reflexão e meditação eu ressignifico tudo o que aconteceu com meus antepassados, enchendo meu coração e minha mente de Amor e afirmando: – Tudo foi como poderia ser! – Eu digo Sim para a vida, exatamente como foi e do jeito que foi! – Vocês, meus queridos antepassados, fizeram o que podiam com as condições que tinham! E respirando lenta e profundamente, agradeço por eles terem sido tão fortes e corajosos nessa longa jornada de fazer a Vida chegar até mim. E com o coração cheio de Amor, eu honro as lutas, as perdas, as vitórias, as dificuldades, os conflitos, a garra de todos aqueles que vieram antes de mim!

Agradeço por terem me transmitido a Vida mesmo assim, gratuitamente, apesar de todas estas adversidades, e deixo com eles a história deles, suas dificuldades e privações. Esta é a História deles, o que aconteceu com eles fica com eles.

Para mim, recebo a força e a garra de levar a vida adiante, tomando apenas a Força das Raízes, agora em uma nova História, a ser construída por mim e meus descendentes, livre de memórias tristes ou eventos sombrios. A vida sempre segue adiante. O Amor sempre encontra o caminho!

Após esse momento de conexão com a sua História, o que você acha de descobrir um pouco mais sobre a trajetória que seus avós ou bisavós percorreram até que a vida chegasse até você? Quem são eles? São imigrantes europeus? Pesquise no site do Museu da Imigração as centenas de listas de imigrantes que chegaram ao Brasil nos mais de 200 anos da História da Imigração no Brasil, que sabe teu ancestral não deixou algumas pistas da história dele por lá!

SPOILERS: Na próxima semana: a fraqueza que vem da nossa Árvore Genealógica.