De 15 de abril a 08 de maio Curitiba será uma das capitais da comida de boteco. Neste ano a capital paranaense faz a sua segunda participação do concurso Comida di Buteco, que acontece simultaneamente em 20 municípios de todo o Brasil.

Criado há 17 anos, em Belo Horizonte, o objetivo do projeto é instigar a criatividade e inovação dos bares e eleger o melhor boteco da cidade e agora também do Brasil. Pela primeira vez, após a premiação de cada cidade os jurados convidados farão a avaliação de todos os campeões para eleger o melhor boteco do Brasil!

Em Curitiba 21 botecos pré-selecionados participarão do Comida di Buteco. Os bares foram escolhidos à dedo. Eles devem necessariamente ser estabelecimentos familiares, com o proprietário literalmente à frente do negócio e atrás do balcão no dia a dia. Esses critérios são essenciais porque o concurso tem o objetivo de ser uma plataforma de transformação social.

Nesta edição o concurso terá tema livre. Ou seja, os botecos criam receitas sem qualquer restrição, a não ser o preço – o valor máximo a ser cobrado deve ser de R$ 25,90. E outro detalhe: não existem petiscos iguais ou que já existem no cardápio do boteco!

Além de Curitiba, o concurso acontecerá em outras 19 cidades simultaneamente: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Manaus, Montes Claros, Poços de Caldas, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São Paulo, Uberlândia e Vale do Aço. Na edição de 2016, o projeto vai abranger 500 bares e atingir mais de 5 milhões de pessoas.

Ao longo dos 24 dias de concurso todos os bares são avaliados pelo público e por jurados. O peso dos votos de cada um deles é de 50% e vai decidir o melhor boteco da cidade. Além do tira-gosto, que contempla 70% da nota, a qualidade do atendimento, a higiene do local e a temperatura da bebida também são avaliadas. Ao final, o Instituto Vox Populi faz a apuração do grande vencedor.

Em breve serão divulgadas a lista de bares participantes e petiscos.