A plataforma de financiamento coletivo Catarse criou um fundo para apoiar escritores, editoras e livrarias independentes. O nome do projeto “+Livros” é uma iniciativa para apoiar esse público neste período de pandemia. 

Todos do ramo podem se inscrever até o dia 31 de julho na página do projeto. A meta é arrecadar R$ 750 mil até o dia 19 de agosto, que serão distribuídos entre os cerca de 150 que serão selecionados. Todos os escolhidos vão receber doações em dinheiro, sendo R$ 2 mil para autores e R$ 5 mil para editoras e livrarias, e também em serviços de fornecedores parceiros.

As editoras precisam ter no mínimo um ano, não estar recebendo patrocínio de empresas e também seu faturamento não pode ultrapassar os R$ 300 mil por ano. Quanto às livrarias, elas também devem ter pelo menos um ano de vida, no máximo uma loja física e/ou virtual (não fazendo parte de nenhuma rede) e também não podem estar recebendo patrocínio de empresa e a regra do faturamento vale a mesma para esta. No caso de autores, eles devem ter se lançado no mercado no tempo mínimo de um ano e publicado (em formato impresso ou digital) de forma independente ou por meio de uma editora, também independente. Seu faturamento ter que ser até  R$ 81 mil por ano.

O projeto “Livros+” conta com parcerias como Amazon, Antofágica, TAG, Companhia das Letras, entre outras, e foi lançado com R$ 430 mil na conta.

Todos podem participar. Se você tiver interesse em ajudar, acesse aqui o site do financiamento coletivo.