A edição presencial da Bienal de Quadrinhos de Curitiba deste ano foi cancelada. Mas para não deixar o público que gosta deste tipo de conteúdo a mercê de eventos do ramo, uma opção virtual foi criada. Dos dias 20 a 23 de agosto, vários debates, oficinas e exposições acontecem nas redes sociais e no site do evento. A edição física da Bienal continua prevista para o primeiro semestre de 2021.

As palestras, conversão, exposições virtuais e outros tipos de interações acontecem de manhã, tarde e noite nos dias citados. Sendo assim, 30 convidados nacionais e internacionais tratarão do tema desta edição, “Quadrinhos & Música”, onde mostrará a relação e as mútuas influências destas duas formas de expressão artística. O artista homenageado desta edição é o quadrinista paulistano Luiz Gê, conhecido pela sua conexão com os quadrinhos e música.

A Bienal de Quadrinhos Online também presta uma homenagem a Rodrigo Belato, cartunista que morreu em junho deste ano. A exposição “Punk Afonso”, com 21 releituras do seu principal personagem, foi organizada pela Gibiteca de Curitiba e estará em cartaz no site do evento.

A programação completa do evento será divulgada em breve no facebook do evento e também no site oficial da Bienal.

A Bienal de Quadrinhos tem o incentivo da Copel e é realizada com o apoio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE) – Secretaria de Comunicação Social e da CulturaGoverno do Paraná.