E o que os fãs esperavam finalmente aconteceu! Após 12 anos do fim da banda RBD, foram lançados ontem (03), de forma oficial, nas plataformas digitais, nove discos de estúdios do grupo mexicano.

Os fãs do grupo formado por Anahí, Christian Chávez, Dulce María, Maite Perroni, Christopher Von Uckermann, Alfonso Herrera, podem curtir os álbuns “Rebelde”, “Celestial”, “Nuestro Amor”, “Empezar Desde Cero”, “Para Olvidarte De Mí”, o álbum em inglês “Rebels” e as edições em português “Celestial Versão Português”, “Nosso Amor Rebelde” e “Rebelde Edição Português”.

Por que o RBD ainda é um fenômeno musical?

O RBD subiu ao palco em 4 de outubro de 2004, com o lançamento de seu álbum de estreia, “Rebelde”. Devido às enormes vendas rapidamente, chegou a Disco de Diamante e a Disco de Ouro no México, recebendo Disco de Ouro também no Brasil e uma versão em português. No ano seguinte, a banda se consolidou no mercado com o álbum “Nuestro Amor”, que rendeu Disco de Platina com apenas 7 horas de lançamento.

Em 2006, enquanto batia um recorde no Brasil, como a maior turnê de um artista internacional no país – 13 shows em 12 cidades, inclusive Curitiba, o grupo lançava os inéditos “Celestial” em espanhol e português, além do disco em inglês “Rebels”.

Entrando na fase madura e final do grupo, em 2007, foi lançado o álbum “Empezar Desde Cero”, que ganhou quatro Discos de Platina e Ouro no México, Platina Dupla na Venezuela, Platina na Colômbia e Ouro em países como Brasil, Argentina e Espanha. Em 2008, o grupo chegava ao fim e lançava o disco “Para Olvidarte de Mí” que encerrou uma carreira de sucesso.

Desde 2008 até hoje, os fãs não deixaram a trajetória da banda cair no esquecimento, o que marca e faz jus à campanha grandiosa que vem sendo realizada para anunciar o lançamento nas plataformas digitais.