“Autobiografia Autorizada” foi classificada como uma comédia dramática em “monóloco”, um trocadilho com a palavra monólogo. Com direção de Paulo Betti e de Rafael Ponzi, a montagem traz trechos da vida de Betti, que resolveu homenagear seus 40 anos de trabalho como ator, autor e diretor. No palco, ele representa, além de si mesmo, seu pai, sua mãe, sua avó e muitos outros personagens da própria vida. A peça faz parte da Mostra 2016, do Festiva de Curitiba.

Segundo Betti, ao ler as anotações que fez no decorrer de quase uma vida inteira, chegou à conclusão que, o tempo todo, se preparou para revelar as extraordinárias condições que o levaram a sobreviver e a contar como isso aconteceu. “Minha fixação pela memória da infância e adolescência, passada num ambiente inóspito e ao mesmo tempo poético, talvez mereça ser compartilhada no intuito de provocar emoção, riso, entretenimento e entendimento”, completa o ator.

Ele tem guardados textos escritos em grandes blocos durante a adolescência, onde também fazia colagens de fatos da época. Além disso, coleciona os artigos semanais que escreveu por quase 30 anos para o Jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba, cidade onde foi criado. Todas estas recordações serviram de inspiração para o espetáculo.

A programação completa do Festival de Curitiba e informações das vendas de ingressos você pode conferir aqui.

SERVIÇO – “AUTOBIOGRAFIA AUTORIZADA” – FESTIVAL DE TEATRO

Quando: 28 de março de 2016 (segunda-feira), às 19h e 21h30

Onde: Teatro Paiol (Praça Guido Viaro s/n, Prado Velho)

Quanto: R$70,00 (inteira)

Vendas: Site ou bilheterias oficiais do evento