Comédias românticas têm seu público cativo e isso é fato. As pessoas amam assistir algo que faça rir e por vezes até emocione. A crítica até condena o humor bobo e o romance clichê presentes em tal estilo, mas ninguém liga. Nada melhor do que ocupar alguns minutos de sua vida por entretenimento fácil e divertido. Exatamente como o filme Mulheres ao Ataque, mais comédia do que romance, estrelado por Cameron Diaz, Leslie Mann e Kate Upton.

A história como de costume é bem simples, atrativo de se ver e que em várias partes lembra outros filmes do mesmo gênero. Aqui tudo gira em torno de um homem, Mark (Nikolaj Coster – Game of Thrones) que é casado com Kate (Leslie) e a trai com Carly (Cameron) e Amber (Kate). Elas descobrem, viram amigas e resolvem dar o troco no cara. Como remete no título, a situação é sobre a vingança das mulheres pra cima dele e isso gera certa expectativa geral de saber o que elas irão fazer. E talvez o único grande problema da produção se encontra na tal expectativa por algo, já que o filme enrola inicialmente e demora a embalar. São muitos minutos gastos em bobeiras, apresentações desnecessárias como Don Johnson (série Miami Vice) e a cantora Nicki Minaj que tem papéis de pouca relevância na trama, o que contempla mais ainda uma preocupação de criar contextos onde não precisa.

Porém não se desanime, Mulheres ao Ataque consegue superar a enrolação inicial cumprindo o que foi proposto. O filme se sai muito bem na hora de divertir e chega a arrancar fortes gargalhadas em determinados momentos. Cenas em que Kate e Carly já estão familiarizadas e principalmente ao descobrirem que Mark agora está traindo com outra culminam em uma sequência cômica excelente.

As situações criadas durante a vingança podem parecer bem familiares para muitos, como a colocação de hormônios femininos na bebida. Exatamente o que acontece no filme “Todas Contra John” onde a temática é bem parecida, pra não dizer igual, onde garotas descobrem traição e resolvem se vingar. Mas não tem problema, uma vez que flui muito bem e diverte bastante. Méritos a boa atuação cômica de Leslie Mann, que consegue ditar ritmo em todas as cenas junto da caricata Cameron e da novata Kate. Os acontecimentos finais são inesperados e a cena do traidor com as portas de vidro é marcante.

Mulheres ao Ataque é uma ótima pedida para passar o tempo e dar boas risadas estando sozinho, com amigos ou até mesmo em família. Só precisa ter calma no começo e apreciar o restante, pois vale a pena.

Adalberto Juliatto para o Curitiba Cult*