Núcleo de Dramaturgia Sesi – Teatro Guaíra apresenta seis espetáculos entre os dias 25 e 30 de março, dentro da programação do Fringe no Festival de Curitiba. Todas as peças, integrantes da Mostra de Dramaturgia, foram apresentadas pela primeira vez ao público em dezembro do último ano, e agora voltam aos palcos do Teatro José Maria Santos, com duas sessões no mesmo dia, às 19h e às 21h. Os ingressos custam R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada).

“Esta mostra é um convite dirigido a todos os que se interessam por trilhar veredas estéticas desconhecidas”, define Roberto Alvim, coordenador de conteúdo do Núcleo de Dramaturgia Sesi – Teatro Guaíra. Segundo ele, o grupo de novos dramaturgos, diretores e atores têm buscado a invenção de novas linguagens cênicas, sempre em busca de uma melhor experiência humana.

O público poderá conhecer o trabalho dos dramaturgos através dos espetáculos “#SELFIEService”, do diretor David Mafra, no dia 25/3; “Entre Dois Continentes da Morte” (de Marcel Gritten), no dia 26; “O Dia Em Que Nos Perdemos” (de Talita Neves), no dia 27; “Satan Circus” (de Eduardo Ramos), no dia 28; “Edom” (de Jean Carlos Sanchez), no dia 29; e “Câmera Escura” (de Maíra Lour), no dia 30.

Serviço – Festival de Curitiba

Mostra de Dramaturgia Sesi – Teatro Guaíra 2015

Data: de 25 a 30 de março

Local: Teatro José Maria Santos (Rua Treze de Maio, 655)

Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada)

Peça “#SELFIEService”; direção e dramaturgia de David Mafra

Data: 25 de março

Horário: 19h e 21h

Peça “Entre Dois Continentes da Morte”; direção de Marcel Gritten e dramaturgia de Marcelo Bourscheid

Data: 26 de março

Horário: 19h e 21h

Peça “O Dia Em Que Nos Perdemos”; direção de Talita Neves e dramaturgia de Léo Moita

Data: 27 de março

Horário: 19h e 21h

Peça “Satan Citrus”; direção de Eduardo Ramos e dramaturgia de Paulo Zwolinski

Data: 28 de março

Horário: 19h e 21h

Peça “Edom”; direção e dramaturgia de Jean Carlos Sanchez

Data: 29 de março

Horário: 19h e 21h

Peça “Câmera Escura”; direção de Maíra Lour e dramaturgia de Carla Kinzo e Marcos Gomes

Data: 30 de março

Horário: 19h e 21h

Crédito: Lidia Ueta