Oi. Sem piadinhas porque hoje o assunto é sério. Vamos falar de tattoo de cadeia. Caso você porte algum desses desenhos no seu corpinho, sugiro que não vá dar rolês na Bahia, porque vai ser zica. Gostaria de agradecer ao Capitão Alden pelas belas palavras: “Nosso objetivo não é discriminar pessoas que possuam tatuagens, pois seria discriminar o próprio ser humano, que ao longo de sua história utilizou a tatuagem como forma de expressão”. Que assim seja.

Coloquei minhas mãozinhas na “Cartilha de orientações policias: Tatuagem – Desvendando Segredos”, esse material foi desenvolvido pela Secretaria de Segurança da Bahia em 2012. Tem umas tattoos mais famosinhas da galera da pesada, mas essas a gente nem fala, ok? OK? Mas gente, achei lindo de morrer que teve tatuagens que a gente já comentou em outra coluninha e elas tão aqui de novo! Se liga:

india

Índia: o portador dessa tatuagem se vangloria de ser um matador de policiais. Antigamente, no Rio de Janeiro, também era utilizada por traficantes do morro, mas não qualquer traficante, somente os que podiam utilizar fuzis.

#WTF ¯\_(ツ)_/¯

mago

Mago: possíveis usuários de drogas, mas geralmente bandidos habilidosos e discretos que atuam em transportes públicos, lojas ou caixas eletrônicos.“Podem ser especialistas em armas e até mesmo explosivos, adoram desafios”. Abro-te, cabra, com meu pé de cabra!

Arame farpado: tattoo da galera que já cumpriu um bom tempo de cana ou que ainda vai cumprir.

Não sei se vocês perceberam, mas entre as imagens selecionadas para a cartilha, uma da índia e uma do mago são do Marcelo Mordenti, porque não há limite geográfico ou legal que impeça que os trabalhos dele sejam copiados. #TodosJuntosPeloMordenti

Agora sim, vamos seguir pra alguns desenhos que você não só ficará “Por que raios essa tatuagem significa isso?”, mas também vai perguntar: “Tamy, quem tatua essa porra in the first place?”. Outra coisa que podemos perceber nessas tattoos é que qualidade é o caralho, meu nome agora é Zé Tatueiro, o que importa é o significado.

taz

TazMania: “Grande número de indivíduos flagrados na prática de crime” (tem como não amar essa linguagem policial? <3), que possuem essa tattoo foram enquadrados por arrastões, roubos e furtos.

Polvo: comum em acusados de arrombamento e furto, a tatuagem é associada ao caráter “camuflativo” dos polvos. Então tá, então.

chuck

Chuck: “Indivíduos de alta periculosidade”, costumam ser presos recorrentes e é comum que possuam no CV um assassinato de policial.

nossasenhora

Nossa Senhora Aparecida: também utilizada como símbolo de proteção, quando tatuada bem grandona no meio das costas quer dizer que o preso praticou ou sofreu algum tipo de violência sexual dentro da cadeia. Quando tatuada nos braços ou pernas, indica latrocínio. Que loucura, daonde que a gente ia imaginar que Nossenhora ia significar isso?

tumulo

Túmulo: Revela que o portador guarda segredos, “boca fechada como um túmulo”.

amor so de mae

Amor só de mãe: Pedidos de desculpas à mãe pelo vacilo.

Quem quiser conferir a cartilha toda clica aqui, e antes que essa coluna termine com 3 km, deixo aqui um conselho para todos vocês:

o delegado

Au revoir.