Para os que estavam na infância ou adolescência nos anos 90/2000, a nostalgia vai bater forte. Quem nunca ficou no supermercado ouvindo vários CDs naqueles aparelhos com fones de ouvido e depois pediu para o pai comprar? Na época, R$ 20 era muito dinheiro e se você tinha alguns desses CDs, pode se considerar da ostentação mirim.

Mais tarde, com a popularização da internet, é provável que você tenha baixado muitos vírus para seu computador, só para ter as mais pedidas desses álbuns. Aumenta o volume!

1- Evanescence – Fallen (2003)

Disco de estreia da banda de rock que tinha como vocal a cantora Amy Lee. Você se achava muito rockeiro curtindo Evanescence, vai dizer! E deve ter cantado e visto inúmeras vezes os clipes de “Going Under”, “Bring me to life” e “My Immortal”.  Mate a saudade de Amy Lee tendo um sonho muito louco e pulando de um prédio:

2- Backstreet boys – Millenium (1999)

As meninas morriam de amores pelos garotos da boy band: Nick, Brian, Kevin, Alexander, Howie e McLean. Em seu terceiro álbum eles conquistaram o mundo e embalaram corações com as famosas “I Want It That Way”, “Larger than Life” e “The One”. Relembre os seis caras cantando no aeroporto, primeiro de preto, depois de branco e com lindos efeitos especiais:

3- Rouge – Rouge (2002)

Você torceu por elas na final do programa Popstar e logo depois foi possuído pelo ritmo “Ragatanga”. Essa música tocou tanto, mas tanto, que duvidamos que exista alguém nesse Brasil que não foi contagiado pelo Aserehe das meninas do Rouge. Outros singles do CD rosa e cheio de glitter na capa foram “Não dá pra resistir” e “Beijo molhado”, mas na verdade você sabia cantar as 14 faixas do álbum, tudo era single. Aí vai Ragatanda, para relembrar os passinhos que você bem sabe até hoje! Chama o Diego e vem:

4- Charlie Brown Jr. – Bocas Ordinárias (2002)

As músicas podiam até falar palavrão, mas você queria mesmo era decorar e cantar tudo escondido da sua mãe. “Papo Reto” e “Só por uma noite” foram os maiores sucessos desse álbum, principalmente quando “Só por uma noite” passou a fazer parte da trilha sonora da novela Malhação em 2003. Curte aí:

5- Sandy e Junior – As quatro estações (1999)

Nono álbum lançado pela dupla e você provavelmente já tinha vários antes de pedir para seu pai comprá-lo no mercado. Vamos falar sério, você curtiu muito os singles desse CD, além de assistir o programa Sandy e Junior na Globo, é claro. As músicas “Imortal”, “Vamo Pulá” e “As quatro estações” não saíam da sua cabeça. O importante é que o que é imortal, não morre no final! Confesse que seu fôlego sempre acabava quando tentava imitar a Sandy no fim da música cantando “Isso é… imortaaaaaaaaaal” e quase morria sem ar. Chora junto:

6- Avril Lavigne – Let Go (2002)

A menina canadense que passava maionese no cabelo chegou cheia de atitude cantando músicas como “Sk8er Boi”, “Complicated” e “I´m with you”. Quem não quis o cabelo super liso da Avril? Os clipes e os singles desse CD fizeram o mundo se apaixonar pela rockeira Avril, fazendo com que vendesse milhões de cópias do álbum. Ela trouxe um ar de rebeldia para os anos 2000. Relembre com a gente:

7 – Britney Spears – Oops!… I Did It Again (2000)

O pop de Britney chegou com muita sensualidade e ritmo nesse segundo álbum da carreira da cantora. Ainda com cara de menina, Britney ficou no topo das paradas de sucesso e vendeu milhões de cópias do seu disco. Um verdadeiro fenômeno para a época. Você dançou e cantou muito com ela, principalmente com os singles “Lucky”, “Stronger” e “Oops!… I Did It Again”. Vamos voltar no tempo e ir para outro planeta com a Brit:

8- Linkin Park – Meteora (2003)

Ninguém sabia se era rock ou um rap meio metaleiro, mas Linkin Park levou a galera à loucura com o seu segundo CD. O disco contava com singles que todos sabiam cantar de cor, mesmo não conseguindo acompanhar o vocalista Chester e sua voz super marcante. “Numb”, “Faint” e “From the Inside” trouxeram batidas até então desconhecidas, fazendo com que mais do que nunca você se achasse muito do rock. Assistindo ao clipe “Numb”, você só queria que a menina não estragasse os desenhos e cantava baixinho com Mike Shinoda:

9- É o Tchan – É o Tchan no Hawai (1998)

Você foi para o Hawai e para o Japão com o Tchan nesse CD que ultrapassou um milhão de cópias vendidas no Brasil. Até hoje você não sabe o que é “Pareô, saruniguê, coqueiral”, mas cantava e dançava na sala de casa. É a havaiana ou a baiana que desce? Não tinha problema, o que importava mesmo é que a nova loira do Tchan era linda e a gente deixou ela entrar. Com as Sheilas você desceu até o chão, pegou no bumbum, no compasso e gastou muitas calorias dançando “É o Tchan no Hawai”, “Ariga Tchan” e “A nova loira do Tchan”. Coloca o colar havaiano e vem com o Jacaré e o Compadre Washington relembrar:

10- Spice girls – Spice (1996)

O álbum de estreia do grupo formado por Emma Bunton, Geri Halliwell, Melanie B, Melanie C e Victoria Beckham, fez com que o mundo conhecesse toda a ginga e energia das Spice girls. A banda teen encantava a todos com a beleza das integrantes, que as meninas adoravam copiar, além dos clipes cheios de roupas incríveis, cabelos diferentes e passos de dança. “Wannabe”, “Say You’ll Be There” e “2 Become 1” marcaram a estreia do grupo nas paradas de sucesso e nos nossos corações. Fique com a música mais trava-língua de 1996:

Relembrar é viver!