O último dia de Risorama fechou com chave de ouro a 11ª edição do espetáculo no Festival de Curitiba. Na última quinta-feira (03) houve duas sessões seguidas do festival de stand-up mais conhecido da capital paranaense e todos os ingressos foram vendidos (assim como em outras oito sessões em dias anteriores).

Dinho Machado e Marcio Ballas no palco. (Créditos: Karina Sonaglio)

O público foi à loucura nas 2h15 de show com as apresentações de Otávio Mendes, Diogo Portugal, Criss Paiva, Dinho Machado, Fábio Lins, Afonso Padilha e Fábio Rabin, além do mestre de cerimônia Márcio Ballas. Piadas sobre curitibanos, religião, homossexualidade, mulheres e sexo explícito estão entre os temas mais abordados pelos humoristas. A interatividade com o público do início ao fim também agradou.

Criado em 2003 pelo curitibano Diogo Portugal, o Risorama começou com apenas uma noite de espetáculo. O evento cresceu tanto que seis dias de apresentações neste ano não foram suficiente. Foi necessário abrir mais cinco sessões extras e apenas duas delas não tiveram lotação máxima. Entre os nomes que passaram pelo palco do Park Cultural estão  Fabio Porchat, Rafinha Bastos, Marco Luque, Evandro Santo, Rafael Cortez, Mauricio Meirelles e o Guri de Uruguaiana.

 

Karina Sonaglio