O monólogo “Corrente Fria, Corrente Quente” inicia nesta quinta, 2 de julho, uma temporada com entrada gratuita em espaços da Regional Pinheirinho. A estreia acontece às 19h, no Auditório da Rua da Cidadania Pinheirinho, em uma apresentação direcionada a professores.

Até outubro, serão realizadas apresentações em locais alternativos espalhados pela Regional. O espetáculo atende um público de todas as idades e foi contemplado com o Edital das Regionais: Ações Culturais e Constituição de Memória, da Fundação Cultural de Curitiba. 

Mar de ausências e esperas

O encontro das correntes oceânicas Oyashio (do tipo fria) e Kuroshio (quente) provoca uma abundância de peixes no Japão. Na peça, uma jovem de Okinawa (província do sul do Japão) fala sobre o desaparecimento do pai, que saiu para pescar em alto-mar e nunca mais voltou.

Sentado a poucos metros da atriz, o público acompanha o cotidiano da garota e o seu mergulho na elaboração da perda paterna. Aspectos geográficos inspiraram a atriz tanto quanto referências artísticas japonesas, como a gravura A Grande Onda de Kanagawa, de Katsushika Hokusai (1760-1849).

Serviço – Corrente Fria, Corrente Quente

Quando: de 2 de julho até outubro

Onde: Estreia no Auditório da Rua da Cidadania Pinheirinho

Horário: 19h

Quanto: gratuito

Foto: Vanessa Vzorek