É engraçado, mas quando nos tornamos mães e pais o tempo passa em um piscar de olhos. Até este dia, nem temos ideia de quanto tempo temos e, por não termos ideia, não damos valor. Mas o fato é que com a correria do dia a dia, com a rotina cheia de logísticas minuciosamente pensadas, normalmente não vemos a hora de deitar na cama, encostar a cabeça no travesseiro e dormir o sono dos justos. Porém, há um serzinho lindo querendo atenção. Querendo a sua atenção! Ao longo dos dias muitas são as preocupações. E, a maioria delas é com relação aos filhos. Escolinha, médico, alimentação, roupas, calçados, trabalho (para o sustento) e por ai vai. Mas, o mais importante é o cuidado com o contato, carinho e atenção, o cuidado com o momento de se estar junto e realmente estar. Não só de corpo presente, mas com alma e coração.

Para que este tempo de estar com os filhos seja aproveitado da melhor maneira eu mesma comecei a me policiar. Com isso, percebi que algumas simples atitudes fazem a diferença. Por isso, listo abaixo algumas dicas de como separar um tempo de qualidade para estar realmente junto com os filhos.

1 – Deixar em ordem as pendências do trabalho e as atribuições de casa. Quando o trabalho está de acordo e a casa organizada é possível achar um tempo significativo e com ótima qualidade para brincar com os pequenos, fazer lição com os maiorzinhos e conversar com os mais velhos. Quando as coisas não estão no seu devido lugar a cabeça também fica perdida, pois o cérebro começa a pensar em tudo o que precisa ser realizado e, o momento que era para ser agradável se torna um momento de aflição. Separe bem as suas jornadas.

2 – Colocar de lado o celular, Ipad, computador e, qualquer eletrônico que possa querer dividir a sua atenção é uma ótima pedida. Não há como brincar e responder e-mails ou fazer buscas na internet. Nada será feito com a atenção necessária e ambas as atuações serão medíocres.

3 – Relaxe. Nem tudo pode ser resolvido em um mesmo dia, principalmente em um mesmo momento. É claro que, mesmo se policiando para deixar tudo em ordem, nem sempre as coisas vão estar concluídas. E, ok! Não será a noite que você conseguirá resolver tudo. Acredito que a prioridade máxima ao chegar do trabalho deve ser o seu filho(a).

4 – Aproveitar de maneira adequada o tempo com os filhos não quer dizer fazer tudo o que eles querem e permitir que façam o que bem entendem. Acredito de verdade que adultos bons tiveram sim uma infância com limites e regras, mas com o ingrediente essencial para uma formação de caráter: amor, muito amor e carinho!

5 – Brinque! Converse! Saiba o que aconteceu no dia do pequeno(a) ou não tão pequeno assim… Saiba na ponta da língua qual o desenho preferido, mas tenha a certeza também de que a melhor brincadeira e entretenimento será aquele no qual você estiver junto. Junto mesmo! De corpo, alma e coração.

O tempo passa rápido! As fases vão passando e cada uma delas são muito importantes e cheias de descobertas. Conhecer cada uma delas e lembrar com saudades, mas conhecendo o que aconteceu nestas etapas, é o que faz a vida valer a pena. Curta seu filho(a), desenhe, invente novas brincadeiras, pule, faça caretas. Com toda a certeza essa será a melhor herança que você poderá deixar: as lembranças do tempo em que passaram juntos.

 

Beijos,

Vanessa Maritza =D