Você pode gostar de teatro, de cinema. Pode não gostar de nenhum dos dois também. Então pode preferir um livro, um romance. E se isso não lhe interessa, pode preferir a comédia, o stand up. Pode até ser que nada disso seja a sua praia, essa coisa meio artística não é com você. Mas enfim, essas são todas probabilidades que devemos listar em um portal de cultura.

Vamos supor que você goste de tudo acima. Então é provável que você encontre o que procura no espetáculo de Andersson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna. “Improvável, um espetáculo provavelmente bom” trabalha com a comédia em todas as suas formas. Mistura musicais improvisados, poesias de última hora, cenas cinematográficas e interpretações um tanto quanto teatrais. Com o bônus de que seu amigo que assistirá a próxima sessão verá um espetáculo diferente do seu, já que as brincadeiras são construídas no improviso.

No último fim de semana (08, 09 e 10) o grupo lotou o Teatro Bom Jesus em Curitiba, com ingressos esgotados quase um mês antes da apresentação. Os espetáculos mensais começaram a ser feitos em 2008, em São Paulo, e em 2009 já conquistaram o Brasil. Em todo show, há um mestre de cerimônias e um convidado. Desta vez, Fábio Lins fez as honras e Andrei Moscheto participou das brincadeiras.

Se você se identificou com a frase do primeiro parágrafo que diz que “essa coisa meio artística não é com você” e que nada do que foi citado te agrada, não se preocupe, você provavelmente irá se divertir. Mesmo que seja nas instruções de Fábio Lins: se não for pela graça espontânea, ria para valer o dinheiro do ingresso, pelo menos.

Até o final do mês, já são três cidades confirmadas, São Paulo (SP), Santo André (SP) e Vitória (ES).

Isabelle Kolb para o Curitiba Cult