Neste domingo (04), celebramos mais uma Páscoa de forma diferente. Pelo segundo ano consecutivo, não poderemos celebrar junto de quem a gente ama ou ter aquele almoço com toda a família e amigos. Mas nada impede de termos momentos especiais dentro de casa.

Pensando nisso, o Festval, um dos mercados que mais tem conquistado o público no Paraná, lançou produtos de fabricação própria para a Páscoa de 2021. Com ovos de colher, colomba e bolo especial, a “Páscoa do Festval” tem seus itens produzidos em Curitiba com todo o cuidado e com os melhores ingredientes.

Ovos de Colher

Um dos itens que ganhou o mercado de chocolates nos últimos anos foi o ovo de colher, e isso não poderia faltar na Páscoa do Festval. Ao todo, são quatro sabores diferentes que variam de R$ 19,90 a R$ 39,90.

  • Ovo Frutas Vermelhas (R$ 24,90) – Ovo de páscoa de chocolate branco recheado com brigadeiro ninho e galeia de frutas vermelhas (morango, amora, framboesa, mirtilo e cereja);
  • Ovo Ninho com Nutella (R$ 39,90) – Ovo de páscoa de chocolate ao leite recheado com Nutella e leite ninho;
  • Ovo Crocante (R$ 19,90) – Ovo de páscoa de chocolate ao leite recheado com brigadeiro de castanha do Pará;
  • Ovo Trio (R$ 29,90) – kit com três ovos de 125g composto por:

o Ovo Negresco – Ovo de páscoa de chocolate branco recheado com brigadeiro ninho e coberto com biscoito negresco moído;

o Ovo de Brigadeiro – Ovo de páscoa de chocolate ao leite recheado com brigadeiro;

o Ovo Bicho de Pé – Ovo de páscoa de chocolate ao leite recheado com brigadeiro sabor morango.

Colomba e bolo de Páscoa

Queridinhos para os cafés no domingo de Páscoa, a colomba e o bolo de fabricação própria também estão no cardápio 2021 do Festval:

Colomba Pascal de Chocolate – recheio e cobertura de chocolate;

Colomba Pascal Especial – com as frutas tâmara, damasco, ameixa seca e amêndoas;

Bolo Especial de Páscoa – chocolate ao leite, meio amargo e branco;

Importação própria

Uma das marcas registradas do Festval são os produtos de importação própria, e na Páscoa isso não seria diferente. Entre as novidades, estão a colomba importada, que vem de Vêneto, nordeste da Itália, e é preparada com fermentação natural, repouso prolongado e resfriamento lento.