A Ópera de Arame irá abrigar os dois musicais que fazem parte da Mostra 2016 do Festival de Curitiba. “Urinal, o musical” será apresentado no primeiro final de semana do festival, nos dias 26 e 27 de março e “O beijo no asfalto” nos dias 28 e 29 de março. Durante o festival, a Ópera recebe ainda duas comédias: “Portátil“, espetáculo de improviso dos humoristas do grupo Porta dos Fundos, nos dias 30 e 31 de março e “Morte acidental de um anarquista“, de Dario Fó, nos dias 02 e 03 de abril.

“Urinal, o musical”

Urinal, o Musical_3_Foto de Ronaldo Gutierrez

Se passa após uma seca de vinte anos – época conhecida como os Anos Fedidos – que causou uma terrível falta de água, fazendo com que banheiros particulares deixassem de existir. A montagem original estreou em Nova York, em 2001, e levou três prêmios Tony. A montagem brasileira reúne 16 atores e cinco músicos e recebeu 21 indicações a prêmios nacionais.

A adaptação musical de Cláudio Lins para “O Beijo no Asfalto“, clássico de Nelson Rodrigues que conta a história de Arandir, perseguido pelo sogro após atender o último desejo de um moribundo, foi concebida após quatro anos de pesquisa sobre a sonoridade musical dos anos 60, período em que se passa a trama. O espetáculo reúne 15 canções executadas por uma banda ao vivo e traz no elenco nomes como Claudio Lins, vivendo Arandir, Laila Garin, como Selminha, Gracindo Júnior, como Aprígio e Claudio Tovar no papel do Delegado Cunha.

“Morte acidental de um anarquista”

Morte acidental de um anarquista_2_João Caldas Fº_

A comédia, de Dario Fó, conta a história de um louco – interpretado por Dan Stulbach – cuja doença é interpretar pessoas reais. Detido por falsa identidade, ele se passa por um falso juiz na investigação do misterioso caso do anarquista. O louco engana várias personagens, assume várias identidades e, brincando com o que é ou não é real, desmonta o Poder e acaba descobrindo a verdade de todos.

“Portátil”

Portatil-festival-de-curitiba

Um espetáculo de improvisação em formato longo com os atores Gregório Duvivier, João Vicente de Castro, Luis Lobianco e Gustavo Miranda, humoristas do Porta dos Fundos. Cada espetáculo parte de uma entrevista com a plateia e dá origem a uma peça inteiramente improvisada. Com os poucos dados que a pessoa escolhida na plateia fornece aos atores, além de uma trilha sonora composta no momento, o elenco cria uma narrativa própria que percorre as memórias do entrevistado.

SERVIÇO: FESTIVAL DE CURITIBA – ÓPERA DE ARAME

“Urinal, o Musical” – 26de março às 21h e 27 de março às 19h

“O Beijo no Asfalto” – 28 e 29 de março às 21h

“Portátil” – 30 e 31 de março às 21h

“Morte Acidental de Um Anarquista” – 02 de abril às 21h e 03 de abril às 19h

Ingressos: entre R$30 e R$70 (inteira)

Vendas: pelo site

A programação completa do Festival de Curitiba você pode conferir, aqui.

Foto Ópera: Sergio Righetto