Após a cerimônia e o concerto de abertura, a 33ª Oficina de Música de Curitiba inicia uma programação diária de concertos com músicos brasileiros e estrangeiros, expoentes da música erudita e popular. Serão 20 dias de festival e mais de 50 apresentações. Nessa sexta-feira (9), as atrações são o grupo Terra Sonora e o recém-formado Ensemble Instituto Curitiba de Arte e Cultura, que aproveita a oportunidade da Oficina para o seu concerto de lançamento. Os concertos de música erudita acontecem até o dia 17 de janeiro. De 18 a 28, os programas são da etapa de música popular brasileira.

O grupo Terra Sonora é conhecido dos curitibanos, mas não deixa de surpreender com o seu repertório eclético, que reúne composições e instrumentos de várias partes do mundo. O show, às 18h30, no Teatro do Paiol, é uma verdadeira celebração de canções, culturas, instrumentos, timbres e luzes. O grupo é formado por Liane Guariente (voz), Carla Zago (violino e rabeca), Gabriela Bruel (set de percussão), Adriano Mottin (concertina, flauta doce, krumhorn e percussão), Giampiero Pilatti (flauta transversal), Rogério Gulin (viola caipira) e Plínio Silva (harmônio, flauta doce, metalofone e sheng).

O Terra Sonora está comemorando 20 anos de pesquisas, transcrições musicais e fonéticas, arranjos e registros fonográficos de temas tradicionais de vários lugares do planeta. Com seis CDs gravados, o Terra Sonora toca temas de celebrações, viagens, amor, dor, resignação, preces, humor e esperança, que proporcionam ao ouvinte um contraste sonoro, geográfico e cultural inusitado, característica marcante do trabalho do grupo nessas duas décadas.

Ensemble

Os músicos Winston Ramalho e Francisco Freitas Júnior (violinos), Alexandre Razera (viola), Isaac Andrade (violoncelo) e Fábio Martino (piano) formam o Ensemble Instituto Curitiba de Arte e Cultura, que faz a sua estreia nesta 33ª Oficina de Música. O grupo, que tem como base instrumentistas da Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, se propõe a desenvolver um repertório erudito de compositores do século 19.

Para o concerto de lançamento, às 20h30, na Capela Santa Maria, o grupo escolheu a obra “Quinteto para piano em Mi bemol Maior, Op 44, de Robert Schumann, e o Quarteto em Dó menor, Op. 60, de Johannes Brahms.

Oficina de Música de Curitiba começa com concertos do Terra Sonora – Serviço

Terra Sonora

Quando: 09 de janeiro (sexta-feira)

Onde: Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/nº)

Horário: 18h30

Quanto: R$10 e R$5

Ensemble Instituto Curitiba de Arte e Cultura

Quando: 09 de janeiro (sexta-feira)

Onde: Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273)

Horário: 20h30

Quanto: R$10 e R$5

Mais informações: http://www.oficinademusica.org.br/