Nasi, Edgard Scandurra e a banda IRA! estiveram pela terceira vez em Curitiba em menos de um ano na última sexta-feira (26). Os anos em que estiveram dando um tempo na banda parecem ter deixado o público curitibano com uma saudade insaciável. Terceiro show desde que retornaram com o IRA! na cidade. Terceiro show com um público de dar inveja em muito artista.

Era previsível que a voz de Nasi não seria mais a mesma, e não é. Os anos passaram e a afinação perfeita já não existe mais – está longe disso. O que continua perfeita é a afinidade musical entre o vocalista e Scandurra. É animador ver a intensidade depositada no palco pelos músicos após mais de 30 anos do IRA!. Deve soar como alívio para os fãs que aguardavam esse retorno.

Além dos próprios fãs, quem pareceu estar com saudade foi a própria banda. Músicas dos primeiros CD’s da década de 1980, como Rubro Zorro, estiveram presentes. Segundo os músicos, havia muito tempo que elas não eram relembradas. Além disso, as já consagradas “Flerte Fatal”, “Envelheço na Cidade”, “Flores em Você”, “Dias de Luta”, entre outras, também foram cantadas no Teatro Positivo.

É impossível dizer que o IRA! é o mesmo. Mas também é impossível dizer que o IRA! não é o mesmo. Eles voltaram, e com tudo.