Festival de Teatro de Curitiba abre novamente as portas para a música com a segunda edição da Mostra Sonora Cena, programação para todos os gostos, idade e bolso que vai do dia 31 de março até 5 de abril, na Capela Santa Maria. Este ano as atrações vão além dos acordes e arranjos com a apresentação de artistas visuais e poesia.

A permanência da mostra na programação do Festival de Teatro de Curitiba prestigia a produção de artistas independentes e revela ao público farto material que é produzido na capital e que está fora do circuito comercial. Parte da programação acontecerá na Rua São Francisco, novo ponto de encontro de gente que produz e que consome arte. Para os organizadores do evento, o grande desafio deste ano será unir as diferentes linguagens artísticas e levá-las para um publico diversificado. “Divulgar uma produção para um público mais expressivo sem cair nas obrigações do mercado é um missão um tanto complicada”, admite um dos organizadores da mostra, o músico e compositor Luciano Faccini.

Veja a programação completa – Programação Sonora Cena 2015: 

31 de março – Capela Santa Maria 

19h –  Instalação/Performance #1

sítio delicioso unplugged , de Ricardo Corona

20h – Show #1

Amira Massabki e Quebada Trio – Freakmusic Tupiniquim dos Tempos Atuais de Agora

1 de abril – Capela Santa Maria 

20h – Show #2

Trombone de Frutas – CHANTI, CHARANGO?

2 de abril – Capela Santa Maria 

19h – Instalação/Performance #2

plastifêmero – escultura relâmpago, de Félix Varejão e Marcela Mancino

20h – Show #3

Veenstra – Map of The Limbo

3 de abril – Capela Santa Maria 

19h – Instalação/Performance #3

Panema em direção ao Norte , de Gislaine Pagotto

20h – Show #4

Indioney Rodrigues – Cantos Outros

4 de abril – Capela Santa Maria 

16h – Show #5

Julien Guimarães – Vouto

19h – Instalação/Perfomance #4

20h – Show #6

e/ou – mientras

5 de abril – Rua São Francisco 

16h – Evento na rua #1

Simone Magalhães – Por que não tem paquita preta?

18h – Evento na rua #2

C. A. Passarinheiro – Sarau C. A. Passarinheiro