No palco, o consagrado ator Matheus Nachtergaele recita poemas escritos por sua mãe, Maria Cecília Naschtergaele, que morreu em 21 de abril de 1968, dia em que ele foi batizado, aos três meses de idade. Luã Belik, no violão, e Henrique Rohrmann, no violino, o acompanham com canções que eram admiradas pela mãe.

“Processo de Conscerto do Desejo” (escrito assim mesmo, com S e C, uma mistura das palavras conserto e concerto) mostra os textos de Maria Cecília em primeira pessoa e tem sido apresentado em etapas. A cada montagem o grupo avalia o processo da versão que foi ao palco.

“Poucas palavras se confundem tanto em nossa língua quanto ‘concerto’ e ‘conserto’. Aqui, elas se mesclam vertiginosamente. A palavra desejo, em filosofia, seria a tensão em direção a um fim de onde se espera satisfação. Tradicionalmente o desejo pressupõe carência, ou alguma forma de indigência: um ser que não carecesse de nada, não desejaria nada. Seria um ser perfeito, um Deus. Por isso, a filosofia, tantas vezes, considera o desejo como característica primeira do ser imperfeito, do ser finito. Quero consertar meu desejo com poesia, num concerto”, declara Naschtergaele, que ainda explica: “Minha mãe, a poetisa Maria Cecília Nachtergaele, faleceu quando eu era um bebê de três meses. Dela, me restaram seus poemas, lindos e maduros, escritos de uma jovem mulher moderna e triste, e essa veia que me marca a testa quando rio ou choro muito”.

A programação completa do Festival de Curitiba e informações das vendas de ingressos você pode conferir aqui.

SERVIÇO – “PROCESSO DE CONSCERTO DO DESEJO” – FESTIVAL DE TEATRO

Quando: 02 de abril, às 21h e 03 de abril, às 19h (sábado e domingo)

Onde: Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299 – Centro)

Quanto: R$70,00 (inteira)

Vendas: Site ou bilheterias oficiais do evento