A fotógrafa curitibana Charly Techio inaugurou no Museu da Fotografia Cidade de Curitiba, a sua exposição “Estado de Suspensão”. Nesta mostra, composta por trabalhos realizados a partir de 2013, a fotógrafa explora retratos e autorretratos associados a alguns elementos, como caveiras e animais.

A exposição dá continuidade a uma série desenvolvida em Berlin durante uma residência artística, onde Charly capturou imagens de locais abandonados após a queda do Muro, além do ateliê de um taxidermista (profissional que reconstrói animais para estudo e exibição, principalmente em Museus de História Natural), se colocando em algumas imagens para ressignificá-las. Lugares visitados posteriormente, incluindo a Floresta Amazônica, foram explorados partindo da mesma pesquisa relativa à sensação de melancolia, questões psicológicas, finitude e transitoriedade, temática recorrente em seu trabalho.

Sobre a artista – Charly Techio é formada em publicidade (UTP, 1998), pós-graduada em Fotografia (UniCuritiba, 2003) e em História da Arte Moderna e Contemporânea (Embap, 2010). É supervisora do Curso de Fotografia do Centro Europeu de Curitiba (desde 2005) e do Curso de Artes Visuais (desde 2015), onde ministra aulas de foto arte.
A artista participou de diversas mostras coletivas e salões de arte, como o 15º MAM Bahia (2008), 63º Salão Paranaense (2009), 6º Salão dos Artistas Sem Galeria (São Paulo e Belo Horizonte, 2015), e o 3º Salon d’Automne França-Brasil (São Paulo, 2015); mostra “Diversidade e Afinidades: Universo x Reverso” acervo do Espaço Cultural Contemporâneo (Brasilia, 2010), “Momento Criativo da Arte Contemporânea Brasileira”, AVA Galleria (Helsinque, 2015) e no Consulado do Brasil nos Estados Unidos (Nova York, 2015).

Em 2009, recebeu menção honrosa pelo ensaio apresentado para o Foto Arte Brasília, em 2010 ficou em 1º lugar no Salão de Arte de Atibaia (SP) e em 2013 recebeu menção especial pelo Conjunto da Obra, no Salão de Arte Contemporânea de Ponta Grossa.

Individualmente expôs seu trabalho na Secretaria de Estado da Cultura do Paraná (Curitiba, 2005), no Museu de Arte Contemporânea de Cascavel (PR, 2007), na Galeria Lunara (Porto Alegre, 2008), no Palacete dos Leões (Curitiba, 2011), na Fnac (Curitiba, 2013) e na Galeria Ponto de Fuga (Curitiba, 2013). Participou da residência artística Berlin_im_Fokus durante o mês de junho de 2013, na Alemanha, e expôs seu trabalho realizado neste período no Bethaniem Haus, em Berlim.

Serviço: Exposição Estado de Suspensão , de Charly Techio

Quando: até 12 de fevereiro de 2017

Onde: Museu da Fotografia de Curitiba – Solar do Barão (Rua Carlos Cavalcanti, 533)

Horário: de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h; sábados, domingos e feriados das 12h às 18h

Quanto: de graça