Já é costume que, a cada ano, diferentes coletivos campineiros participem das edições do Festival de Teatro de Curitiba. Em 2014, por exemplo, foi a vez dos veteranos do Lume Teatro integrarem a Mostra Oficial com a peça “Os Bem Intencionados”.

Neste 24º Festival de Teatro de Curitiba, Eduardo Okamoto retorna à cidade onde apresentou na Mostra Oficial, em 2013, a aclamada “Recusa”, da Cia Balagan. O ator fará estreia nacional na Mostra Oficial com o espetáculo solo “OE“, dirigido por Marcio Aurelio e com dramaturgia baseada na obra do escritor japonês com prêmio Nobel de Literatura Kenzaburo Oe.

Além de Okamoto, a Cia Vacas Profanas apresenta o espetáculo “O Casamento do Pequeno Burguês” na Mostra Fringe. A peça carro-chefe do grupo formado por artistas oriundos da Unicamp, mesma universidade onde Okamoto realizou a sua formação acadêmica e atualmente é docente na graduação de Artes Cênicas, é uma adaptação da obra de Bertold Brecht que participou de eventos como X Feverestival – Festival Internacional de Campinas e 30ª Campanha de Popularização do teatro de Campinas.

A montagem surgiu do confronto inusitado entre o texto homônimo do dramaturgo alemão e os traços rebuscados da estética brega. Com músicas que marcaram os anos 1980 e sátiras dos rituais encontrados nas festas de casamento, a peça busca desvelar as máscaras familiares, tentando compreender os reais motivos que levam um casal a dizer ‘sim’ no altar.

Serviço – Festival de Teatro de Curitiba

OE: Solo de Eduardo Okamoto

Onde: Sesc da Esquina – Rua Visconde do Rio Branco, 969, Centro, Curitiba – PR.

Quando: 30 e 31 de março de 2015 às 21 h.

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)

O Casamento do Pequeno Burguês

Onde: Teatro Ittala Nandi – Rua São Francisco, 179, Centro, Curitiba – PR

Quando: 03/04 – 18 h; 04/04 – 21 h; 05/04 – 15 h.

Ingressos: R$ 16,00 (inteira) e R$ 8,00 (meia)