A 25ª edição do Festival de Curitiba já começou! Para você se preparar para o evento, o Curitiba Cult, junto com o Festival, vai trazer para você as notícias mais frescas!

Como será o amanhã

Amanhã, sábado, entram em cartaz na Mostra 2016 do Festival de Curitiba: “Eles Não Usam Tênis Naique”, “Medida por Media” e “Urinal, o Musical”.

Sessão extra no Risorama

Gustavo-Mendes

O Festival de Curitiba abriu mais uma sessão para o dia 29 de março, às 22h. Venha rir muito com Gustavo Mendes Marcio Ballas Marco Luque Patrick Maia Renato Piaba Thiago Ventura. O Risorama chega à sua 13ª edição. De 25 a 30 de março o Park Cultural (ParkShoppingBarigui) será palco de muito stand up comedy. O mestre de cerimônias do evento será o humorista Márcio Ballas. Serão seis humoristas por dia, escolhidos pelo curador Diogo Portugal, em um encontro de talentos na arte de fazer rir.

A Dama da Noite

A Dama da Noite é uma montagem da Pane Produções Artísticas da cidade de Garanhuns (PE) com direção de Pacheco Neto e texto de Caio Fernando Abreu, um dos maiores contistas contemporâneos – e que estará no Fringe, na Sala Scabi do Solar do Barão. O ator Marcelo Francisco vive a personagem título, mergulhando num universo de pontos cômicos e dramáticos da personagem que vive a margem da sociedade. É um conto que gira em torno do amor. Caio Fernando expõe seu universo urbano, denso e poético de maneira crua e direta, porém com uma delicadeza ímpar.. Hoje às 14:30, amanhã, às 17:30, sábado às 20h.

Debatendo o preconceito

O espetáculo “A Mandinga e o Mendigo” possui em seu enredo cinco personagens caricatos que são ao extremo cômicos, contudo, há na essência de cada um deles características boas e ruins, mostrando que dentro de cada ser há o bem e o mal. Todos possuem dentro de si os dois, e a escolha entre o bem e o mal é opcional de cada ser. A peça varia entre o real e a fantasia, possibilitando ao espectador uma viagem ao imaginário para completar as lacunas deixadas, propositalmente, no decorrer da narrativa. A comicidade presente nos diálogos e nos acontecimentos não são elementos soltos vazios e desconexos dentro do roteiro, mas sim o meio usado para atrair os espectadores e leva-los a refletir sobre a futilidade de muitas situações presentes na vida que acontece em nós e ao nosso redor. O espetáculo estará em cartaz no Portão Cultural de 31 de março a 2 de abril, às 20h (31), 10h (1), 16h30 (2) e 20h (3).

Corrente fria, corrente quente: única apresentação hoje

Escrito e interpretado por Fernanda Caldas Fuchs, com direção de Franco Fuchs, o monólogo Corrente Fria, Corrente Quente está na mostra Fringe do Festival de Curitiba 2016. A apresentação é única, hoje, às 15h, no TUC – Teatro Universitário de Curitiba. Desde sua estreia em 2013, a montagem já passou por seis cidades e dez festivais. Na peça, uma jovem de Okinawa (província do sul do Japão) fala sobre o desaparecimento do pai, que saiu para pescar em alto-mar e nunca mais voltou. Sentado a poucos metros da atriz, o público acompanha o cotidiano da garota e o seu mergulho na elaboração da perda paterna. Aspectos geográficos inspiraram a atriz tanto quanto referências artísticas japonesas, como a gravura A Grande Onda de Kanagawa, de Katsushika Hokusai.

Fringe em festa

A Mostra Fringe comemora 18 anos hoje com a festa oficial V.I.S.C.E.R.A.L, que dialoga com o teatro, música e experimentação, afim de explorar os cinco sentidos e mergulhar nos instintos criativos, unindo a arte e o entretenimento em um único lugar. A contará com duas edições durante o Festival de Curitiba. Hoje a temática é “Bicho Homem”. Os convidados podem abusar da criatividade e entrar no clima, usando fantasias de acordo com o tema da festa.

A programação completa do Festival de Curitiba e informações das vendas de ingressos você pode conferir aqui.

You have Successfully Subscribed!