A CAIXA Cultural Curitiba apresenta a exposição Mandela em cartaz, inédita no Brasil. Com 95 obras homenageando o ex-presidente sul-africano, a mostra abre às 11h de 18 de julho (sábado), data em que líder político completaria 97 anos de idade.

Em maio de 2013, para celebrar os 95 anos de Nelson Mandela e sua contribuição à humanidade, dois designers sul-africanos resolveram montar um projeto. Jacques Lange e Mohammed Jogie estimularam a elaboração, no mundo todo, de cartazes expressando o legado humanitário do ex-presidente. Para isso, criaram a fundação Mandela Poster Collective e associaram-se à Universidade de Pretória.

O número e a diversidade de origem das inscrições surpreenderam os oaganizadores: mais de 700 cartazes vieram de Alemanha, Brasil, Argentina, Itália, Reino Unido, Quênia, Austrália, Egito, Malásia e México, entre muitos outros países. A partir desse acervo, a dupla formou a coleção Mandela Poster Project 95 e organizou uma semana de eventos na África do Sul. A coleção tem como originalidade associar um forte conteúdo humanitário a riquíssimas soluções visuais multiculturais e diversificadas.

Pouco tempo depois do lançamento, Mandela morreu. Desde então, a exposição passou por Pretória, Joanesburgo e Cidade do Cabo (Africa do Sul), Barcelona (Espanha), Montreal (Canadá), Londres (Inglaterra), Viena (Áustria) e Zagreb (Croácia), suscitando debates e conscientização sobre temas como o combate ao racismo e a exclusão social, a cultura da paz e a busca de entendimentos para superar as dissenções sociais. A mostra agora chega ao Brasil, com primeira parada em Curitiba. Depois, segue para a CAIXA Cultural Salvador.

A exposição será complementada com informações históricas sobre a vida de Mandela e os temas que tratou ao longo de sua vida, assumindo um caráter didático para um público diversificado.

Serviço – Exposição Mandela

Quando: de 18 de julho a 27 de setembro

Onde: CAIXA Cultural Curitiba – Galeria Térreo e Galeria Mezanino (Rua Conselheiro Laurindo, 280)

Horário: terça a sábado, das 10h às 20h. Domingo, das 10h às 19h

Quanto: gratuito