De 17 de julho a 2 de novembro a exposição “Frida Kahlo – as suas fotografias”, inédita na América Latina, será exibida no Museu Oscar Niemeyer (MON). A mostra tem curadoria de Pablo Ortiz Monasterio e conta com 240 imagens relacionadas à vida da artista.

 Frida pintando o retrato de seu pai por Gisèle Freund , 1951 ©Museu Frida Kahlo.jpg


Frida pintando o retrato de seu pai por Gisèle Freund , 1951 ©Museu Frida Kahlo

O acervo revela Frida em suas diversas nuances: a relação familiar, o corpo acidentado, a luta política, o amor pela arte e a paixão por seus homens – especialmente o artista Diego Rivera, seu marido, com quem manteve uma relação conturbada.

De acordo com Hilda Trujillo Soto, diretora do Museu Frida Kahlo, de onde as fotos vieram, a mostra também expõe a personalidade forte e livre da artista, que hoje é relacionada ao movimento feminista. “Nas fotografias, vemos uma Frida autêntica, rompendo com os padrões sociais da sua época, vivendo em pé de igualdade e respeito intelectual com Diego”, pontua.

A mostra é dividida em seis seções. A primeira retrata os pais da artista. A segunda destaca a Casa Azul, residência onde viveram. A terceira revela o lado íntimo de Frida. Na quarta concentram-se seus amores: amigos, familiares, amantes e o marido. A quinta é composta por imagens que agradavam a pintora pela qualidade estética – foi ela quem as reuniu. A sexta é dedicada à política.

As fotos da exposição fazem parte de uma coleção extensa, com mais de 6.500 imagens. Os registros foram feitos pela própria Frida, seu pai e seu avô materno, além de fotógrafos amigos como a alemã Gisèle Freund e o húngaro Nickolas Muray.

SERVIÇO

“Frida Kahlo – as suas fotografias”

Quando: de 17 de julho (20h) a 02 de novembro de 2014

Onde: Museu Oscar Niemeyer – Sala 03 – (Rua Marechal Hermes, 999)

Horário: terça a domingo, das 10h às 18h

Quanto: R$6 e R$3 (meia-entrada para professores e estudantes com identificação). Na abertura (17 de julho às 20h) a entrada é gratuita.

Classificação: Livre