Mulher do ano pela revista “GQ“, singles com impacto mundial, primeiras posições do iTunes Brasil, apresentação na TV americana, parcerias internacionais, artista feminina mais escutada do Spotify Brasil e destaque na Billboard. Alguém tem dúvida de que Anitta foi a dona do ano? De “Larissa”, para “Anira“, veja aqui a retrospectiva de 2017 feita especialmente para ela.

bang-anitta-curitiba

O ano começou com “Loka“, música de Simone & Simaria em parceria com Anitta, lançada em janeiro desse ano. O vídeo acabou se tornando o segundo mais visualizado da história do YouTube Brasil e também deu direito ao título de música do verão.

Ainda em território brasileiro, Nego do Borel se juntou com a cantora e também com Wesley Safadão, para dar surgimento ao hit do carnaval, com “Você Partiu Meu Coração“. O sucesso conta com quase 300 milhões de visualizações.

Já no dia 3 de maio, a rapper australiana Iggy Azalea divulgou em seu Twitter, o que seria uma de suas primeiras parcerias internacionais de Anitta, com a música “Switch“. A música foi lançada no dia 19 do mesmo mês.

https://www.youtube.com/watch?v=RhCDcCSIj0E

Mesmo com toda a divulgação, o clipe vazou e, como consequência, acabou sendo engavetado pela gravadora. Recentemente foi lançado uma versão com retoques na luz e algumas cenas editadas, mas de acordo com a produtora, foi apenas para manter no portfólio e o vídeo já não está mais disponível para o público. A parceria, porém, rendeu para Anitta a sua primeira aparição na TV americana, no programa do Jimmy Fallon, onde se iniciou a fama de “Anira“.

Logo em seguida, ainda em maio, a carioca anunciou seu primeiro single em espanhol, entitulado “Paradinha“. Nos primeiros minutos do lançamento, o vídeo já bateu a marca de 200 mil visualizações, tornando-se um recorde nacional.

Além disso, a música quebrou o recorde de visualizações em 24 horas no YouTube Brasil, entrou no chart mundial do Spotify, pegou as primeiras posições nos charts brasileiros e top 15 em países como Portugal e México. E de quebra, até Niall Horan se mostrou fã da música:

Achou pouco? Calma. O ano estava apenas começando. No dia 1º de junho, o trio de DJ’s Major Lazer lançou o áudio de “Sua Cara“, possivelmente a música do ano, em parceria com Anitta e Pabllo Vittar.

O sucesso foi tanto, que o clipe foi o mais rápido da história do YouTube a conseguir 1 milhão de curtidas e ficou no top 70 de vídeos mais assistidos de 2017. Até Fergie, ex-integrante do falecido grupo The Black Eyed Peas, se rendeu ao sucesso.

Vocês acharam que eu não ia cantar em inglês hoje, né? Anitta deu início ao seu projeto “CheckMate“, em setembro, que pretendia lançar um single por mês. O pontapé começou com a música “Will I See You“, parceria do produtor estadunidense Poo Bear com a participação da brasileira.

Mesmo não agradando muito aos fãs, que gostariam que a cantora continuasse no funk, a música obteve um desempenho razoável nas paradas brasileiras.

Para o mês de outubro, Anitta resolveu mergulhar de cara no EDM e se juntou com o DJ sueco Alesso, para lançar o segundo single de seu projeto, com “Is That For Me“. O clipe foi gravado na floresta amazônica, o que trouxe boas críticas, por ter sido bem brasileiro. O conceito, no entanto: barrado, porque ninguém entendeu.

A música conseguiu entrar nas paradas europeias, de países como Suécia, Portugal e Suíça. Além disso, “Anira” teve a chance de performar a canção na #BillboardLive, dando destaque e visibilidade para a cantora. No Brasil, no entanto, pode-se dizer que a canção deixou a desejar – mesmo ocupando as primeiras posições do Spotify Brasil.

Para o penúltimo single do projeto, em novembro, Anitta não nos poupou e lançou o sucesso “Downtown“, música feita em espanhol com o famoso cantor colombiano J Balvin. O sucesso foi tanto, que a cantora foi a primeira brasileira da história a alcançar o Top 50 mundial do Spotify. Você quer hit, @? Então toma.

Cansada de quebrar recordes em charts e paradas, Anitta resolveu subir de nível e divulgou sua música até em nada mais nada menos que: Times Square (NY). “Downtown” também esteve entre as mais ouvidas do México, Portugal, Argentina, Colômbia e Espanha, sem falar que ficou na frente de nomes como Maluma e Fifth Harmony na lista de músicas latinas mais ouvidas da Billboard.

Dando “check mate” de vez em 2017, Anitta terminou seu projeto em dezembro com a música mais aguardada de todas: “Vai Malandra“. O funk é uma parceria da cantora com Mc Zaac, Maejor ft. Tropkillaz & DJ Yuri Martins e resgata o conceito do funk carioca dos anos 2000. Em menos de 10 dias, o clipe já conta com mais de 60 milhões de visualizações no YouTube!

A música, de sucesso incontestável, quebrou o recorde de mais reproduções em um dia no Spotify Brasil (ocupando as 5 primeiras posições de tal feito!) e foi o vídeo brasileiro mais assistido em 24 horas no YouTube. A previsão é de que a canção seja o “hino do verão“. Rainha faz assim, né?

Que 2018 seja para nós o que 2017 foi para Anitta!