Todas as minhas melhores memórias gastronômicas vêm da minha mãe. Foi ela quem instigou em mim a paixão e a curiosidade pela cozinha (se não fosse ela, eu até hoje só comeria batata frita e arroz branco), além de ter me ensinado a cozinhar. Para quem não sabe, minha mãe mora em outro país e é incrível o quanto eu penso nela toda vez que tenho que preparar algo, é como se uma conexão de outro mundo nos unisse através das panelas e temperos.

dia-das-mães-comida

Eu & Mami

A última vez que cozinhamos juntas foi nas minhas férias, em outubro, e fizemos um estrogonofe. Estava incrível! Simples, não tem nada demais: cebola refogada, mignon, sal, pimenta, ketchup, um toque de shoyu, champignon e creme de leite. Eu sempre fico responsável por cortar os ingredientes – é a minha parte predileta de cozinhar, sabia? Para minha mãe, o resto do preparo!

A Dona Rita é uma cozinheira de mão cheia, faz tudo divinamente. No meu TOP 3, estão: nhoque de batata salsa com carne de panela, camarão ensopado da minha avó (o molho de tomates frescos, cebola e ervas fica HORAS no fogo curtindo tempero… Acho que é esse o diferencial) e comida Árabe. Dificilmente íamos a restaurantes, claro, porque era tudo tão bom em casa, que comer fora acabava ficando sem graça. Quando ficávamos com preguiça de colocar a barriga no fogão, nós adorávamos comer comida japonesa. Era o NOSSO momento. Só nós. Como se pudéssemos, entre hashis e sashimis, fugir do mundo real para o mundo da fantasia!   

Acredito que a maioria das pessoas tenha uma boa lembrança assim, entre filha(o), mãe e comida. Para homenagear a pessoa mais importante da nossa vida, escolhi alguns amigos para dividir sua referência de comfort food e comfort place conosco!

Maria Francisca Accioly & Maria do Rocio

dia-das-mães-comida

Maria Francisca & Maria do Rocio

A advogada criminalista Maria Francisca Accioly é apaixonada por gastronomia. Não é pra menos, né? Sua referência gustativa vem dos pratos incríveis que sua mãe prepara. Além de ser uma cozinheira de mão cheia, a professora aposentada sempre despertou na filha o dom de apreciar bons restaurantes e receber bem.

O nosso lugar: “Gostamos de ir jantar juntas no Zea Mais. Curtimos o ambiente e a gastronomia contemporânea do restaurante, que são ótimos. Até me faz lembrar que precisamos fazer isso com mais frequência.”

O que ela faz: “Dá até água na boca só de lembrar: o carneiro com cebola caramelizada e cuscuz marroquino dela é MARAVILHOSO. O cheiro deste prato será sempre referência da minha casa.”

Zea Mais
R. Barão do Rio Branco, 354 – Centro
Mais informações: (41) 3232-3988

Kariny Martins & Marilucia

dia-das-mães-comida

Marilucia & Kariny

Já imaginou chegar em casa depois de um dia cheio de trabalho e sentir o cheiro de comida caseira fresquinha? É este o privilégio da jornalista Kariny Martins! A mãe, dona Marilucia, é cozinheira por profissão e paixão, e mima as duas filhas e marido com pratos de dar água na boca!

O nosso lugar: “Gosto muito de ir com ela no Braseirinho, restaurante de frutos do mar e sushi bar aqui no Boqueirão, bairro onde moramos! Este lugar é emblemático para nós, pois foi onde minha mãe aprendeu a comer comida japonesa.”

O que ela faz: “Minha mãe é cozinheira, já trabalhou em escola e hoje trabalha em casa fazendo empadão e lasanha sob encomenda. Mas, de todas as delícias que ela faz, o que eu mais amo é a feijoada, tanto que se tornou tradição no meu aniversário: se não tem feijoada da dona Marilúcia, não tem festa!”

Braseirinho
Avenida Marechal Floriano Peixoto, 9786 – Boqueirão,
Mais informações: (41) 3045-9929

Léo Tramontin & Carla

dia-das-mães-comida

Léo & Carla

O Relações Públicas Léo Tramontin viveu o sonho de todas as crianças que eu conheço: uma mãe que faz doces e salgadinhos de festa como ninguém! Quando criança, para tentar imitar a mãe na cozinha, ele chegou a estragar muita comida e eletrodomésticos, na tentativa de cozinhar algo especial. Diz ele que hoje aprendeu e faz pratos tão incríveis quanto os de Dona Carla.

O nosso lugar: “Adoramos o Baviera – aconchegante, bucólico e com cheirinho de cozinha de mama italiana!”

O que ela faz: “Se for para eleger um cheiro de comida que marcou a minha infância, seria do pastelzinho de aniversário (vai cachaça na massa, bem caseiro). Já se for para eleger um sabor, seria a torta de chocolate e cocada mole. O fato é que a minha mãe sempre foi a minha musa da cozinha!”

Baviera
Alameda Augusto Stellfeld, 18 – Centro
Mais informações: (41) 3232-1619

Jéssica Ávila & Tânia Buchmann

dia-das-mães-comida

Jéssica & Tânia

Melhores amigas, a especialista em casamentos e responsável pelo site que leva seu nome, Jéssica Ávila, e sua mãe fotógrafa, Tânia Buchmann, gostam de lugares que as permitam curtir a companhia uma da outra, sem pressa. Na cozinha, praticidade para a rotina atribulada.

O nosso lugar: “Adoramos ir juntas ao Sel Et Sucre, porque o ambiente é uma delícia para almoços mais demorados. Lá conseguimos ficar batendo papo por horas e aproveitando a comida, que é uma delícia.”

O que ela faz: “Minha mãe faz o melhor cachorro-quente do mundo! Ela prepara para nós todos os sábados ou domingos. É, sem dúvidas, o ponto alto do nosso final de semana e minha maior referência de comfort food. Não tem segredo no preparo, mas acho que o amor dela faz toda diferença.”

Sel Et Sucre
Alameda Presidente Taunay, 396 – Batel
Mais informações: (41) 3077-6647

Taiza Espolador Massa & Sueli Pedroso

dia-das-mães-comida

Sueli & Taiza

Taiza é mãe de duas meninas fofas e a rotina não a permite sair com frequência com a jovem vovó Sueli – os encontros acabam sendo sempre em casa, o que é delicioso porque as une ainda mais. Quando encontram uma brecha na agenda, aproveitam para viajar juntas e, aqui em Curitiba, gostam de ir aos melhores restaurantes da cidade.

O nosso lugar: “Nós quase nunca saímos para almoçar ou jantar juntas aqui em Curitiba, porque a rotina com as crianças não permite. Mas tem um restaurante que amamos e é meu preferido, que é o La Varenne, no Pátio Batel, e eu acho que ele é a nossa cara.”

O que ela faz: “A minha mãe quase não cozinha, mas tem um prato que ela faz com perfeição: a sopa de pinhão! É uma delícia, não vejo a hora de comer de novo. E é sempre nesta época que ela prepara para nós.”

La Varenne
Av. do Batel, 1868 – Piso L4
Mais informações: (41) 3044-6600

E pra você, qual é o melhor prato que a sua mãe prepara e qual é o lugar especial de vocês? 🙂 Feliz Dia das Mães!