Com criatividade, muita vontade de aprender e câmeras na mão, 22 crianças exploraram o bairro Santa Quitéria nos últimos quatro meses. No dia 8 de agosto, elas mostrarão as imagens que capturaram em uma exposição no CID – Centro de Integração Digital São Luis Orione, ONG que apoia crianças e adolescentes de baixa renda no contraturno escolar. Durante o evento, que faz parte do projeto Revelando Olhares, serão entregues os certificados de participação na oficina, além de apresentação cultural para a turma.

As criadoras da iniciativa, Deborah Schwanke e Carolina Corção, estão confiantes de que as fotos irão surpreender as famílias e a comunidade. “A exposição é um grande evento de celebração onde os alunos recebem o reconhecimento da família e da comunidade sobre o trabalho que realizaram, e isso é inspirador para todo mundo que participa”, conta a fotógrafa Carolina.

Essa é a terceira exposição do Revelando Olhares. Para Deborah, o momento de expor os trabalhos é sempre muito gratificante, já que mostra as descobertas das crianças durante o projeto. “Com a oficina, despertamos nelas outra forma de enxergar o mundo. Elas passam a ver na fotografia uma maneira de expressar seus sentimentos e pensamentos. Com isso, acontece naturalmente o aumento da autoestima e surge a curiosidade e a crítica necessária no olhar diário para as milhares de imagens que absorvemos”, explica Deborah.

A oficina é mantida apenas por meio de doações. Através da divulgação no Facebook, o projeto recebeu a doação de aproximadamente 40 câmeras digitais, que vieram de todos os lugares do Brasil. Várias empresas colaboraram para o sucesso dessa edição: Phototech, Ticcolor, Padaria América, Instituto Positivo, Técnicópias, Molduras Festina, Gráfica Capital, Centro de Comunicação, O2 Design e Produss Uniformes.

Serviço – Exposição do projeto Revelando Olhares

Quando: 8 de agosto

Onde: CID – Centro de Integração Digital São Luis Orione (Rua Adalberto Gil da Silva, 205 – Sta. Quitéria)

Horário: das 15h às 18h

Quanto: gratuito