A fraternidade e as memórias são os temas que conduzem o espetáculo Irmãos de sangue, uma criação da companhia franco-brasileira Dos à Deux. Com dramaturgia, direção, coreografia e cenário de André Curti e Artur Luanda Ribeiro, a peça faz duas únicas apresentações no Teatro Guairinha, nos dias 23 e 24 de janeiro.

Em Irmãos de sangue, o grupo retoma o tema da família que esteve presente nos dois trabalhos anteriores:Saudade em terras d’água (Prêmio do público no Festival de Avignon, em 2005) e Fragmentos do desejo (Prêmio Shell 2010 na categoria “Especial”). Em cena, André Curti e Artur Luanda Ribeiro conduzem uma coreografia gestual precisa ao lado dos atores Raquel Iantas e Daniel Leuback. Em uma atmosfera onírica, a peça investiga os laços fraternos e os conflitos que marcam a convivência familiar. A história se passa no centro das relações entre três irmãos e sua mãe, alternando momentos entre o passado e o presente.

No cenário, o minimalismo foi trabalhado de forma orgânica e mutável por Curti e Ribeiro. Poucos elementos materiais, como uma mesa e uma grande gangorra, evocam memórias fraternais e a presença da mãe. Como nas criações anteriores, a música original de Fernando Mota se funde na dramaturgia gestual, sublinhando o não-dito e o amor fraternal incondicional.

O espetáculo estreou em março de 2013 em Paris e, no mesmo ano, participou do Festival de Avignon, onde foi saudado com entusiasmo por críticos como Sandrine Blanchard, do jornalLe Monde: “teatro gestual, inventivo e poético, que alcança grande sucesso”. O grupo seguiu em turnê pela França e pelo Brasil: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília, além de ter participado dos festivais Filo de Londrina (Paraná) e Mirada (Santos, no litoral paulista). Em outubro, a Cia. Dos à Deuxse apresentou pela primeira vez na China, no Festival de Wuzhen, fruto de uma parceria com oFestival Cena Brasil Internacional. Entre dezembro e janeiro, a turnê seguirá por Curitiba e Campinas.

Serviço – Irmãos de Sangue em Curitiba

Quando: 23 e 24 de janeiro 2016 (sábado e domingo)

Onde: Teatro Guairinha – Auditório Salvador de Ferrante (Rua XV de Novembro, 971)

Horários: sábado às 21h e domingo às 20h

Quanto: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia).

Vendas: bilheteria do Teatro

Foto: Renato Mangolin