A presença constante do sitar é um elemento decisivo para o som da banda Bombay Groovy e revela seu profundo envolvimento com a música oriental. O quarteto foi convidado a retornar ao Psicodália em 2016 como uma das atrações que dividirão os quatro palcos musicais do festival que acontece durante o Carnaval.

Tudo começou no verão de 2012 quando Daniel Costa, músico que já atuou como sitarista para nomes importantes da cena psicodélica nacional, resolveu rumar para o contrabaixo. Nesse ínterim, conheceu Rodrigo Bouganos, multi-instrumentista que fazia aulas de sitar indiano com o mesmo mestre. Deste encontro, nascia a ideia da Bombay Groovy, que começou a se concretizar pouco tempo depois com a chegada do baterista Leo Costa.

A afinidade de Leo com as percussões étnicas também incrementou o estilo peculiar e visceral do grupo. Bourganos, que teve aulas no Oriente com o Guru Chandranath Battacharya e toca o instrumento em pé, como se fosse uma guitarra elétrica, transgredindo dogmas da cultura indiana ao abandonar a postura de lótus.

Para completar o clima da banda, Jimmy Pappon, pianista prodígio que participa do tributo ao Frank Zappa, Let’s Zappalin’, traz seu instrumento principal, o órgão Hammond para dentro da sonoridade da Bombay. A formação instrumental inusitada do grupo, com o som do sitar indiano, o timbre versátil do Hammond e a “cozinha” nervosa revelam uma banda repleta de psicodelia, exotismo e groove.

Com o time formado, um EP e um clipe já gravados, a banda lançou seu primeiro disco contendo dez faixas que passam por diversos gêneros musicais. O disco, homônimo da banda, é uma experimentação sonora que dispensa os elementos vocais, substituídos por linhas consistentes de baixo, solos virtuosos de órgão, melodias transcendentais de sitar e percussão pesada, em uma mistura singular.

Passaportes e estrutura

John Kay & Steppenwolf, Nação Zumbi, Cidadão Instigado, Elza Soares, Naná Vasconcelos e Terreno Baldio são algumas das 50 atrações musicais já confirmadas pelo festival multicultural Psicodália 2016, que acontece de 5 a 10 de fevereiro de 2016, na Fazenda Evaristo, em Rio Negrinho. Um dos principais festivais brasileiros, em sua 19.ª edição, o Psicodália terá ainda um palco paralelo, aberto para bandas e artistas que queiram pleitear um espaço nos palcos oficiais das próximas edições. A programação conta também com oficinas e workshops, peças teatrais e exibições de curtas, longas e documentários – tudo incluído no valor do passaporte para os cindo dias.

A Fazenda Evaristo, que abrigará o evento pelo sexto ano consecutivo, fica a 120 km de Curitiba (270 km de Florianópolis e 640 km de Porto Alegre) e tem uma área de 500 mil m2 de área verde. Receberá toda uma estrutura de reforço para o Psicodália, com portaria, estacionamento, bares e praça de alimentação 24 horas, estrutura montada em torno de cinco grandes áreas de camping arborizadas, equipadas com 250 banheiros, iluminação, limpeza e segurança. Além disso, as atrações naturais prometem diversão à parte, com trilhas, lagoas, cachoeiras e a Tirolesa de 500m, que faz sucesso levando as pessoas para voos sobre a fazenda.

Serviço – Psicodália 2016

Quando: 05 a 10/02/2016

Onde: Fazenda Evaristo, em Rio Negrinho (SC)

Quanto: R$ 432,00 (4º lote) – A compra do passaporte dá direito: camping, shows, oficinas, peças de teatro, mostras de cinema, cozinha coletiva, acesso a restaurantes e bares 24h (alimentos e bebidas não inclusos no valor), visitas a lagoas, cascatas e trilhas; e segurança e limpeza 24h.

Vendas: Disk Ingressos