não existe data,
não existe hora.
e nem demora.
existe amor.
e existe amor.
e amor(…)
não existe rancor.
só, talvez, a dor
de nos ver sofrer
(às vezes, sem ter o que fazer).
enganam-se!
pra nos curar, existem vocês.
Martina