Sucesso dos anos 90 e anos 2000, a MTV Brasil foi a queridinha dos jovens da época. Mas, com o passar do tempo, a ótima fase passou e a decadência foi inevitável.

A gente tinha uma conexão direta com o público jovem. Era um canal com várias personalidades e cada VJ cumpria uma função desse espectro do mundo jovem. Hoje quem faz isso é o youtuber”, afirmou o ex-VJ Edgard Piccolli no Programa do Porchat desta última terça-feira.

A também ex-VJ Sabrina Parlatore, que também participou da conversa, adicionou: “Era a única emissora, ou uma das pouquíssimas emissoras, segmentadas para jovens da época. Todos os jovens do Brasil acessavam ali”.

Na reunião dos ex-MTVs que estavam no programa, Marcos Mion falou que “…quem assistiu ficou marcado para sempre, toda a geração que consumiu TV e cultura pop. Nunca mais vai acontecer, era um período mágico do tempo onde tudo acontecia ali. Éramos a única fonte de informação de música pop para as pessoas. Não tinha Google, a gente lia as revistas gringas”.

Antigos apresentadores da MTV. Foto: divulgação.

Com a saída da MTV, Edgard também teve uma breve passagem pela Band, mas complementou a fala dos colegas: “A internet acabou com a MTV. O final dela é muito em decorrência do surgimento e da massificação via internet globalizada”.

Hoje em dia você assiste o clipe que quiser a hora que quiser pelo celular, são outros tempos”, acrescentou Parlatore.

Além de Mion, Piccoli e Parlatore, o ex-VJ Max Fivelinha também participou da entrevista com Porchat.

You have Successfully Subscribed!